05/09/2008

Comercial tem alta de 1,75%

Fonte: Jornal da Tarde

Nos últimos doze meses, o aumento alcançou 14,73%

O valor das locações comerciais subiu 1,75% no mês de julho, em média, na cidade de São Paulo. A pesquisa foi realizada pelo Grupo Hubert em quatro regiões da cidade: Paulista, Faria Lima, Centro e Centro Velho.

Nos últimos doze meses, o aumento alcançou 14,73%, alta que praticamente empata com a inflação do período pelo IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado, medido pela Fundação Getúlio Vargas), de 15,12%.

A região da Avenida Paulista, que compreende as avenidas Paulista, parte da Rebouças, Estados Unidos e Brigadeiro Luís Antônio, registrou o maior aumento em julho, de 2,16% no valor do aluguel comercial ante o mês de junho, com valores chegando a R$ 44,50 (o m²) para imóveis entre 501m² e 1.000 m². A liderança da Paulista já vinha sendo registrada em pesquisas anteriores, mas ultrapassou os dois pontos percentuais apenas no mês de março (alta de 2,54% ante fevereiro de 2008). A região da Avenida Faria Lima, que inclui ainda as avenidas Brasil, Nove de Julho, Cidade Jardim, Marginal Pinheiros e parte da Rebouças, teve a segunda maior alta na cidade de São Paulo em julho, de 1,85%. Os aluguéis na região custam R$ 33,80 (m²)para imóveis entre 501m² e 1.000 m², ou 24% menos do que um imóvel com a mesma metragem na região da Avenida Paulista.

No Centro Novo, região entre o Anhangabaú, Largo do Arouche, Praça Roosevelt e avenidas Amaral Gurgel, Consolação e Quirino de Andrade, o aumento foi de 1,6% com valor médio de R$ 7,90 (o m²) para imóveis comerciais entre 501m² e 1.000 m². No Centro Velho, entre as ruas Maria Paula e 25 de Março, Praça João Mendes, Praça Clóvis, Anhangabaú e avenidas Senador Queiroz, Prestes Maia, e Santo Amaro a alta foi de 1,38% com locação de R$ 3,90 (o m²). O valor é mais de dez vezes menor do que na Paulista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.