24/03/2004

Como conservar o colchão

Fonte: Editoria Zap

Quem tem casa ou apartamento sabe que não são somente os móveis e objetos decorativos que exigem cuidados para uma boa manutenção. Itens como roupas, travesseiros e colchões, entre outros, também merecem uma atenção especial. Veja, a seguir, alguns detalhes a serem observados sobre a hora da compra, quanto à troca e a durabilidade do seu colchão.

Como comprar o colchão adequado
Um bom colchão deve suportar corretamente o corpo, respeitando a curvatura natural da coluna. Por isso, é fundamental verificar a densidade do colchão adequando ao biotipo de cada pessoa, levando em consideração peso e altura.

De quanto em quanto tempo o colchão deve ser trocado?
O colchão de espuma deve ser trocado a cada 5 anos. Já o de molas deve ser trocado a cada 12 anos para garantir a manutenção de uma postura correta da coluna, adequado relaxamento muscular, circulação e respiração satisfatórias para uma boa noite de sono.

Como garantir a durabilidade do colchão?
• Deixar o colchão ventilar diariamente, de preferência sem o lençol e com a janela aberta antes de arrumar a cama.

• A cada 15 dias rotacionar o colchão no sentido horário (a parte dos pés para a cabeceira) e a cada 20 dias mudar o lado do colchão (a face de baixo para cima). Essas medidas permitem o assentamento e o desgaste correto do produto e garantem uma maior durabilidade e conseqüentemente a manutenção da sua capacidade de sustentação e características de conforto.

• O uso de protetor de colchão garante maior durabilidade e vida útil ao produto, além de poder ser removido para lavagem sempre que necessário. Isso porque o colchão não pode ser lavado ou mesmo limpo com equipamentos a vapor – já que essa atividade poderá afetar o tecido e as camadas internas do estofamento, comprometendo as suas características de sustentação e conforto.

• Usar o colchão com o plástico no qual o mesmo vem embalado não aumenta a vida útil do mesmo, pelo contrário, a transpiração natural do corpo passa para o colchão deixando-o úmido e o plástico não permite a ventilação do produto, proporcionando mofo.

Consultoria: Colchões Probel

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.