07/02/2007

Condomínios devem reforçar segurança durante o Carnaval

Fonte: Editoria Zap

Risco de furtos e assaltos é maior em feriados prolongados; funcionários e moradores devem ter atenção redobrada

O período de Carnaval traz um desafio a mais para síndicos, funcionários e moradores de condomínios da Grande São Paulo. Com a maioria dos apartamentos vazios, o risco de furtos e assaltos é maior e os cuidados com a segurança devem ser redobrados.

“A primeira recomendação é não deixar a chave do apartamento na portaria. É importante que o morador verifique as fechaduras das portas sociais, trancas de janelas e portas das sacadas”, diz Angélica Arbex, gerente de relacionamento da Lello Condomínios.

Segundo Arbex, se houver necessidade de regar plantas ou tratar de animais de estimação, o morador deve entregar chave a um vizinho, parente ou amigo, deixando, por escrito, uma autorização para que a pessoa possa entrar no prédio.

Outra dica importante é desligar a chave geral no quadro de força, além de fechar os registros de água e gás, para evitar vazamentos. Para os síndicos, a recomendação é reforçar o sistema de segurança, realizando a inspeção do circuito de alarmes e TV interna do condomínio, caso o mesmo disponha de tais equipamentos.

“Nos condomínios com grandes áreas externas, como piscinas, quadras, saunas e jardins, um funcionário deve fazer rondas periódicas, principalmente no período noturno”, diz Arbex. Se o condomínio tiver contrato com uma empresa de segurança patrimonial, é importante solicitar a intensificação das rondas pela porta do edifício.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.