14/07/2014

Conheça a história de Brasília, a capital do Brasil

Saiba como foi erguida a maior cidade do mundo construída no século 20

Fonte: Revista do ZAP

Distrito Federal – Brasília é a maior cidade do mundo construída no século XX. Veja história, pontos turísticos e curiosidades sobre a cidade

A capital federal do Brasil, localizada na região Centro-Oeste do país, na região geográfica conhecida como Planalto Central, contava com 2.562.963 habitantes, segundo censo demográfico realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2010. É a maior cidade do mundo construída no século XX. Brasília possui o segundo maior produto interno bruto per capita do Brasil (R$ 45.977,59), o quinto maior entre as principais cidades da América Latina e cerca de três vezes maior que a renda média brasileira.

Vista da Catedral Metropolitana de Brasília, um dos principais monumentos da cidade (Fotos: Shutterstock)

O plano urbanístico da capital, conhecido como “Plano Piloto”, foi elaborado pelo urbanista Lúcio Costa e pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Inaugurada em 21 de abril de 1960, pelo então presidente Juscelino Kubitschek, Brasília tornou-se formalmente a terceira capital do Brasil, após Salvador e Rio de Janeiro. Vista de cima, a principal área da cidade se assemelha ao formato de um avião.

O projeto da cidade a divide em blocos numerados, além de setores para atividades pré-determinadas, como o Setor Hoteleiro, Bancário ou de Embaixadas. A cidade é considerada um Patrimônio Mundial pela Unesco devido ao seu conjunto arquitetônico e urbanístico e possui a maior área tombada do mundo, com 112,5 quilômetros quadrados.

Vegetação e clima
O Distrito Federal possui grande variedade de vegetação, reunindo 150 espécies. A maioria é nativa, típica do cerrado. Algumas das principais espécies são pindaíba, paineira, ipê-roxo, ipê-amarelo, pau-brasil e buriti.
O clima é o tropical com estação seca, com verão úmido e chuvoso e inverno seco e relativamente frio. A temperatura média anual é de 20,6 °C, sendo setembro o mês mais quente (21,7 ºC) e julho o mais frio (18,3 ºC). A umidade relativa do ar é de aproximadamente 70%, podendo chegar aos 20% ou menos durante o inverno.

Ponte Juscelino Kubitschek, também conhecida como Ponte JK, é um dos principais pontos turísticos da capital

População e economia
A população de Brasília é formada por migrantes de todas as regiões brasileiras, sobretudo do Sudeste e do Nordeste, além de estrangeiros que trabalham nas 123 embaixadas espalhadas pela capital. Dados de 2003 apontavam que mais da metade da população do DF não nasceu ali, sendo 1 milhão de brasilienses e 1,2 milhão de outros locais.

Além de ser centro político, Brasília é um importante centro econômico. É a terceira cidade mais rica do Brasil, exibindo PIB (Produto Interno Bruto) de R$ 99,5 bilhões, ou 3,76 % de todo o PIB brasileiro. Brasília está entre as áreas urbanas de maior índice de renda per capita do Brasil.

A cidade foi a região com lançamentos mais caros do Brasil em 2012, segundo o “Anuário do Mercado Imobiliário Brasileiro da Lopes”, com 51 empreendimentos lançados, 8.823 unidades e R$ 3,3 bilhões em “Valor Geral de Vendas”, sendo o quarto maior mercado imobiliário nacional.

Turismo
Brasília recebe cerca de 1 milhão de visitantes anualmente. Entre as suas atrações mais visitadas estão os diversos projetos arquitetônicos de Oscar Niemeyer. O turismo cívico é valorizado por estarem localizados na capital os órgãos governamentais da administração direta e os representantes dos três poderes republicanos.

Os principais monumentos da cidade encontram-se no Eixo Monumental: Catedral Militar Rainha da Paz, Praça do Cruzeiro (Memorial da Primeira Missa), Memorial JK, Memorial dos Povos Indígenas, Complexo Poliesportivo Ayrton Senna: Ginásio de Esportes Nilson Nelson e Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha; Centro de Convenções Ulysses Guimarães (CCUG); Torre de TV; Teatro Nacional Cláudio Santoro; Complexo Cultural da República João Herculino: Biblioteca Nacional de Brasília Leonel de Moura Brizola (BNB) e Museu Nacional Honestino Guimarães; Catedral Metropolitana de Brasília Nossa Senhora Aparecida; Esplanada dos Ministérios; Palácio da Justiça; Palácio Itamaraty; Praça dos Três Poderes: Congresso Nacional, sede do Poder Legislativo brasileiro; Palácio do Planalto, sede do Poder Executivo brasileiro; Supremo Tribunal Federal (STF), sede do Poder Judiciário brasileiro e Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves; além de outros.

Palácio do Congresso Nacional, sede do Poder Legislativo

Entre outros monumentos estão o Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República (no Setor Palácio Presidencial – SPP), o Catetinho (ao longo da EPIA Sul), o Santuário Dom Bosco (na Via W3 Sul), o Museu Vivo da Memória Candanga (na Candangolândia) e a Ponte Juscelino Kubitschek, mais conhecida como Ponte JK, premiada internacionalmente (no Lago Paranoá, entre o Setor de Clubes Esportivos Sul – SCES – , na Asa Sul, e o Setor de Habitações Individuais Sul – SHIS, no Lago Sul).

Inaugurada em 21 de abril de 1960, pelo então presidente Juscelino Kubitschek, Brasília tornou-se formalmente a terceira capital do Brasil, após Salvador e Rio de Janeiro.

 

Conheça as 20 melhores cidades brasileiras para desfrutar aposentadoria

Conheça a história de Santos

Conheça a história de Fortaleza

Conheça a história de Brasília, a capital do Brasil

Conheça a história de Laranjeiras

 

Confira casas à venda em Salvador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.