22/04/2009

Conheça as novidades da feira Art Mundi

Fonte: Jornal da Tarde

Artesão brasileiro mostra porta-objetos para esconder preciosidades em feira internacional de artesanato

Porta-segredos, de Eduardo Eleutério, é feito com madeira de demolição

Rio de Janeiro – Ele nasceu no Ceará, e por lá começou a desenhar peças de artesanato para a cidade de Cascavel, no interior do estado. Mas foi depois de se mudar para Minas Gerais que Eduardo Eleutério de Albuquerque começou a criar o seu “porta-segredos”, uma espécie de escultura de madeira de demolição que esconde gavetas para, segundo ele, “guardar jóias e outras preciosidades que precisem estar protegidas do mundo”. O trabalho do artesão é uma das atrações da Art Mundi, feira internacional de artesanato, que acontece até o dia 26 de abril no Rio Centro e reúne peças de artesãos de 28 países.

Madeiras como a de jacarandá, mangueira e jabuticabeira servem de matéria-prima para as criações de Eleutério. O trabalho, que já é feito há cinco anos, traz opções de esculturas em formatos geométricos e assimétricos com preços a partir de R$ 49. Como um quebra-cabeça, essa espécie de porta-objeto apresenta uma forma engenhosa de encaixe, o que dá ao artefato uma função lúdica. 
 
“O meu trabalho é inspirado nos egípcios, que criavam objetos decorativos para esconder suas jóias preciosas. Eu trabalhava com máquinas. Criei então uma usina para fazer objetos de artesanato em madeira. No começo, fazia pássaros, mas aos poucos comecei a trabalhar com porta-objetos. Nunca você vai encontrar um objeto idêntico ao outro, porque o trabalho com esse tipo de material é difícil, tenho que fazer um por um. Para fazer objetos maiores, preciso usar troncos bem grandes, o que torna o processo mais trabalhoso”, diz Eduardo Eleutério.

As bolas de madeira, que podem ser encontradas em cinco tamanhos diferentes, é uma das peças prediletas do artesão e custa entre R$ 49 e R$ 1800. Segundo ele, a confecção do objeto é bastante trabalhosa e exige, pelo menos, três dias para ser totalmente finalizada. Além dos porta-segredos, há opções de gaveteiros, em diversos formatos lúdicos inclusive com o desenho do mapa do Brasil.

Vazu, decora o lar com vasos de plástico dobrável e duradouro

OUTRAS ATRAÇÕES DA ART MUNDI – Durante um passeio pela Art Mundi o visitante conhece as criações decorativas de países como a Tunísia e a Índia. Uma das novidades do evento é o vaso de plástico dobrável da Vazur, de Israel, usado como suporte de arranjos de flores.

Feitas com polietileno e poliéster, essas peças, que pesam apenas 20 gramas e foram lançadas recentemente no Brasil, podem ser encontradas em diversas estampas e custam entre R$ 30 e R$ 45. O comprador pode encontrar quatro estilos diferentes. Além do design diferenciado, as peças, garante o proprietário da loja, Yoav Nevo, são sustentáveis e de boa durabilidade. 
 
“Nós trabalhamos com um material sustentável, que economiza energia para sua fabricação e que é degradado em um tempo muito menor do que o vidro, por exemplo. Além disso, é um material dobrável e por isso, facilmente guardado””””, explica Nevo.

Para quem gosta de usar o laptop na cama ou comer enquanto assiste televisão, a ex-Frenética Lidoka criou a bandoca, um objeto que, segundo ela, pode assumir diferentes funções. Tudo vai depender das exigências de quem o usa. E o comprador pode contar com diferentes opções de tecidos para o revestimento da bandoca. Há também os pufes que foram lançados recentemente e que podem ser transformados em uma mesinha de centro.
 
E que tal ter um conjunto de louças de vidro todo banhado a ouro? No estande da Turquia há uma variedade de opções de taças, copos, xícaras e bules de café, jarras de água, que pode custar de R$ 95 a R$ 2500. Os desenhos delicados feitos no vidro com pitadas de ouro dão um aspecto mais charmoso às peças. Quem estiver procurando opções mais acessíveis de artigos decorativos, pode visitar o estande da Indonésia que traz opções de cortinas de seda de R$ 30 e de colchas para cama de casal com bordados a partir de R$ 80.

MAIS INFORMAÇÕES:
A Art Mundi acontece de 17 a 26 de abril no pavilhão 1 do Rio Centro (Av. Salvador Allende, 6.555 – Barra da Tijuca). Entrada: R$ 10. Tel.: (21) 3035-9100

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.