25/05/2011

Conheça os cinco prédios residenciais mais representativos do estilo art déco

Fonte: O Globo
Fachada do edifício Biarritz (Foto: Márcia Foleto)
Fachada do edifício Biarritz (Foto: Márcia Foleto)

Basta um passeio pelas ruas do Rio para ver de perto relíquias arquitetônicas do estilo art déco. Algumas delas são bem familiares ao carioca, como o Cristo Redentor e a escadaria do cinema Roxy, em Copacabana. Já outras têm sabor de descoberta. De acordo com Márcio Roitier, fundador e presidente do Instituto Art Déco Brasil – que estará no Rio na próxima quarta-feira, dia 1º de junho, para fazer uma palestra no CasaShopping -, de todos os países que tiveram influências dessa linha arquitetônica, o Brasil está entre os que se apropriaram de suas características, desenvolvendo um estilo próprio.

“Nos anos 30, os arquitetos começaram a se inspirar em desenhos indígenas para projetar edifícios, o que definiu o estilo Art Marajoara. E o Rio, que era a capital federal na época e vivia o governo de Getúlio Vargas, foi um importante expoente desse movimento arquitetônico”, explica Roitier.

Não à toa, o art déco – característico do período que vai de 1925 a 1940 e famoso por sua elegância e funcionalidade – se revelou em muitos edifícios residenciais da capital. Entre as cinco construções mais emblemáticas da cidade estão o Biarritz (Flamengo), Tabor Loreto (Flamengo), Ipu (Glória), Itahy (Copacabana) e Petrônio (Copacabana). Clique aqui para conhecê-las e organize já o seu roteiro.

LEIA MAIS:

13 mandamentos para ser feliz na obra da casa

Produtos para casa com até 80% de desconto

1 Comentário

  1. Fico realmente emocionado ao perceber as origens do deco no Brasil e as suas manifestações mais sublimes…Obrigado pela Escola de influências;Breno Queiroz-Arquiteto/Cenografo de Goiânia(formação) e moro no Rio de Janeiro – Brazil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.