11/12/2012

Conheça os cinco problemas que mais atormentam os condôminos

Perturbar a ordem pode custar caro para o condômino. Multas chegam ao preço de dez condomínios

Fonte: ZAP Imóveis

Os condomínios têm uma serie de assuntos que geram conflitos entre seus moradores. Calotes, cães, crianças, carros e canos. Estes 5 C´s representam mais da metade das reclamações diárias de muitos imóveis.

Moradores devem procurar o síndico antes de encaminhar o caso para a justiça (Fotos: Thinkstock)

Segundo o Secovi-SP (Sindicato da Habitação de São Paulo) a falta de pagamento do condomínio é um dos pontos que provocam a maior dor de cabeça para os moradores que mantêm as contas em dia. Mas, segundo o levantamento da Lello Condomínios, esse problema está perturbando menos o sono dos condôminos. A lei estadual que permite inscrever os devedores de condomínios em serviços de proteção ao crédito ajudou a elevar o número de quitação de cotas atrasadas na cidade de São Paulo.

Condominos devem dialogar para tentar resolver os problemas

Cão, criança, carro e cano – Outra briga comum entre os moradores é o latido de cachorros. De acordo com a pesquisa da Lello, 30% dos síndicos entrevistados apontam que a presença de cães nos apartamentos é o grande gerador de conflitos.  Em seguida, com 25%, vêm as confusões por conta das vagas na garagem. Já os vazamentos (cano) representam 12% dos conflitos entre vizinhos, enquanto os problemas com crianças e adolescentes respondem por 8% do total. As demais rusgas são oriundas de questões diversas, como excesso de barulho, por exemplo.

Para resolver essas questões do dia-a-dia, a gerente de relacionamento com o cliente da Lello Condomínios, Márcia Romão, recomenda aos moradores que se sentem prejudicados procurar o síndico e expor o problema, evitando que os casos cheguem à justiça.

“Recomendamos que o síndico procure dialogar com os moradores, buscando acordos amigáveis e evitando que os conflitos cheguem à justiça. Mas se o morador for intransigente e descumprir as regras do condomínio de forma sistemática, as sanções previstas devem ser aplicadas”, afirma Márcia.

O custo de cada penalidade depende do que foi aprovado na assembléia geral de cada condomínio. De acordo com a Aabic (Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo) o condômino que infringir a regra determinada na convenção condominial no primeiro momento leva uma advertência. E se depois disso não andar na linha, corre o risco de receber um multa que pode custar até dez vezes o valor do condomínio.

Já se uma das partes envolvidas quiser levar a briga para a justiça, o advogado Michel Rosenthal Wagner avisa que o caso pode demorar de três a dez anos para ser resolvido. “Por isso, o meu conselho é antes de se importar com as áreas de lazer oferecidas pelo empreendimento e com o preço do apartamento, procure ter acesso ao regulamento interno e conhecer um pouco mais os seus possíveis vizinhos. Pois o condomínio pode ser um paraíso, mas se você não se adaptar ao dia-a-dia dos outros moradores, ele pode se transformar em um inferno”.

35 Comentários

  1. Porque a cada síndico as tolerâncias aumenta? É como se fosse um acordo para passar bem. E assim tudo que foi organizado vai pro ralo.Deveria ter uma proteção de lei para os moradores que fosse interessado em manter as coisa boas da outra ad ministração.Os humanos de uma maneira geral só quer livrar sua pele e os outros é os outros por isso é difícil ser síndico.As tarefas são possíveis de realizar, mas a imcompreensão acaba com a boa vontade.

  2. Realmente ter vizinhos que acham que todos no prédio compartilham seu (des)gosto musical, por exemplo, é bem triste…Ter que ouvir a mesma música, o dia todo, todos os dias…Passei por isso…:>(

  3. Para residir em grupo, ou sje, em Condomínios, deveria existe um meio do candidato ser avaliado,caso fosse identificado perfil inadequado,ele receberia o seguinte resultado: VOCÊ NÃO APRESENTOU O PERFIL PARA VIVER EM CONDOMÍNIO,caso fosse possível, seria o melhor do mundo.

  4. em primeiro lugar deveria estar o uso de entorpecentes nos condominios e não o latido de cães..sobre isso não há nenhum item, sendo que drogas tanto uso qto trafico ambos saõ crimes…latido de caes não é crime..não achei nada do que eu procurava neste siteattmargarete

  5. Com a mais absoluta certeza animais em condomínio deveria terminantemente proibido, depois que a justiça disse que podia, virou baderna, e o juiz que determinou isso nunca morou em condomínio de prédio, pimenta nos olhos dos outros……….Prestem atenção…. o que é bom para você pode ser horrível para o vizinho e eu concordo que deveria ser feita uma análise antes da pessoa morar, pois acham que viver em condomínio é a mesma coisa que morar em imóvel de rua.

  6. Gostaria de saber em mais detalhes sobre quem tem condomínio em atraso se, só São Paulo criou a Lei para colocar o inadimplente no SPC. Isso é uma boa.

  7. Há um outro grande problema que é a falta de honestidade de alguns síndicos. Fazem tramóias com prestadores de serviços e apresentam cotas extras na maior cara de pau. Insolúvel!

  8. Convivo com um problema que para mim é CRUCIAL e até o momento sem solução. Moro no 6º andar. Pessoas que fumam, nada contra fumantes, até por que já fui fumante, do tipo demasiado. Porém, sempre respeitei.Questão de EDUCAÇÃO DOMÉSTICA. Só que fumam nas janelas e varanda dos seus apartamentos e, o vento leva diretamente para o interior do meu apartamento, cinzas, piolas por cima de micro, ededrons, cortinas, tapete (não uso mais para evitar um incêncio). Em fim,conversei por várias vezes com o síndico,diminui, mas depois tudo do mesmo jeito. Isto já faz 04 anos. Minha imagem sendo antipatizada. Ouvindo por moradores fumantes pronunciarem: “os incomodados se retirem”, “fumo na minha varanda, vou continuar sempre fumando…!!!”, “feche as janelas e varanda, que as cinzinhas não cairá mais…!” . Sugeri para alguns fumnantes que ao fumar,levasse um pequeno recipiente com água e jogasse a cinza, que impediria que o vento arremessase para o interior do apartamento. E,eu voltaria ter minha privacidade resguardada. Temo que ao sair, possa acontecer um incêndio e, fico cerceada, até de fazer minha faxina, nem termina já está sujo e, se não bastasse aquele fedor da nicotina pelo ambiente inteiro. Estou exausta, preciso de SOLUÇÃO URGENTE!!!Atenciosamente,ANA MARIA.

  9. sou sindica num condominio aqui em minha cidade (araraquara-sp)deixo meu comentário s/ “condominios em atraso”… a justiça é MUITO LENTA, temos condômino que não paga há anos e no entanto, agora depois de muita luta a justiça resolveu executar a divida, até que enfim , pois o inadimplente não paga nem o acordo feito no forum desta cidade perante o JUIZ, e mesmo assim demora-se MUIIIITO p/ execução da divida … que justiça é essa, onde o caloteiro: usa todos os serviços prestados pelos nossos funcionários, onde não paga a água que consomem e andam c/ carro novo pra cima e pra baixo. Os outros tontos é que pagam pela sua sobrevivencia e familiares.A Execução saiu… mas qdo vão cumpri-la ?????é desanimador …

  10. uma coisa sao cachorros infelizes com donos mais ainda, sufocados e estressados por viver num espaço de um apartamento; outra coisa é a pessoa beber; fumar ou cheirar o que quiser; ora bolas, o corpo é dela e de mais ninguém… contanto que nao fume embaixo dos varais dos vizinhos, rsrs…

  11. O problema é quando seu vizindo é um bandido disfarçado, o que leva o síndico ter medo de enfrentá-lo, ao reclamar sucessivamente do barulho das crionças dele tive minha casa invadida e roubada e aí??? quem prova que foi ele??? eu sei que foi, mas quem vai provar e se meter nisso??? Nossa justiça não esta preparada para dirimir contendas desse gênero e por medo as pessoas optam por se calar!!!!

  12. Lamento ver certos comentários de pessoas frias e engessadas no seu mundinho… Informo-lhes que a convivência com animais cientificamente comprovado, só traz benefícios aos humanos.Acho essas polêmicas desnecessárias, quando se faz opção em conviver em condomínios. O que falta é tolerância, bom senso, amor, sensibilidade e atualização de mundo. Depois as pessoas são vítimas de violência, perdem a vida por nada e não sabem por quê ! Vivemos o mundo que criamos !!! Os intolerantes deveriam morar numa ilha !!!!!!!!!

  13. gostaria de saber como mando noticias para terceiros ainda fico sem mandar porque nao tem como mandar outras pessoas ficam sem saber,favor me enformar como procedo. obrigado

  14. O meu problema com moradia em apartamento são as crianças no andar de cima, ou melhor os pais que não educam os mesmos para viver e respeitar o próximo que esta embaixo. Um falta de educação tremenda, fui para a Justiça porque aqui em Recife existe uma caderneta com o título som sim barulho não e, o promotor disse que isso não vale para prédios pois é só para poluição sonora. Então fica a pergunta, para quem devo recorrer?????

  15. qdo se mora numa casa com outras casas no mesmo quintal não possuindo sindico, cada um faz o que quer, e ainda o lezado quando reclama é despejado sem explicaçao devida, mesmo estando em dia com seu aluguel, por causa dessa maldita denuncia vazia, que só prejudica e nao proteje o inquilino lesado.

  16. o pior de tudo quando vc reclama do barulho do vizinho ,pro sindico ,dai vc decobre q ele faz complo com a propria,ai vc nao sabe o q fazer….

  17. Gente, e o direito das crianças poderem brincar e correr no próprio apartamento; dos casais poderem conversar e até brigar no seu imóvel. Pelo amor de Deus, todo mundo tem que ser robô agora ?

  18. O maior problema é um inquilino que mora sozinho ou um casal, ter que pagar a água de famílias de 6 a 8 pessoas que lavam roupa em casa e ainda desperdiçam, pois cada um demora até meia hora no banho! Uma excelente solução é INDIVIDUALIZAR a conta de água. Chamem a TECMETRA, ela é a melhor para resolver isso!

  19. Cachorro do vizinho é bom quando ele não é cheio de carrapatos e eles vem descendo 3 andares a baixo pra casa de outro, aliás de outros, por mim, seria proibida a entrada de animais no prédio, mas parece que já tá impestada a sebosidade dos donos e animal!

  20. 1- morar em condominio, o FIM DO MUNDO.2- Tira toda a liberdade que o ser humano quer;3-Você paga em dobro, a prestação e a taxa de condominio;3- Animais? Nem pensar, a área verde é reduzida, dando espaço para piscinas que nem sempre sao democráticas;4- Crianças adoram elevador: apertar botões, cuspir, danificar. E quem vai saber quem foi?5= Morar em cima de outro. A chateação é os toc-tocs de sapatos e quedas. Infiltração então nem se fala;6- As prefeituras ganham com isso no IPTU, mas não são criteriososcom relação ao meio ambiente;7- vagas na garagen? Se você tiver um SW esqueça o espaço;8 – Condominio é significado de furtos por atacado; Moema sabe disso;9 – São mais de 200 pessoas em média para distribuição de apenas 10 metros de área verde em oxigênio;11- O solo impermeabilizado faz com que a TERRA respire menos. Resultado o calor está aumentando, sufocante; Poucos vêem isto.12- Se houver terremoto vai todo mundo pro saco;13- Festinhas no salão? Só até 22:00 porque sempre tem um que não aguenta e reclama (só que ele tambem usa o salão);14-Você está pagando muito caro por isso; 15 – vou pro mato que ganho mais.(me diga então a vantagem que é morar em condominio??)Onde está a racionalidade do homem?Morar em apartamento é ser zumbi, de um ladfo pro outro, sem quintal, sem bichos, sem plantas, sem solo.

  21. nos condominos descobrimos que o proprio sindico nao segue a risca o regulamento e prevalece algumas pessoas de sua panelinha,burlando e anistiando pessoas que nao pagam taxa de condominio,fora que se acha no direito de fazer cobranças e se acha o proprietario do predio.um coisa que tbm acontece quando o sindico mistura problemas pessoais com suas obrigações com o condominio,acho que se tem um problema pessoa com outro individuo que nao faça parte do predio,nao deve envolver outras pessoas do condominio,pois nao podemos prever a reação desse individuo mediante a uma explosao de violencia impulsiva.hoje no mundo a cada dia, mais pessoas perdem a calma e deixam de dialogar para usar a violencia como valvula de escape para suas frustações pessoais.

  22. A questão é simples, as pessoas precisam estar cientes de que quando decidem seja pela questão financeira ou gosto em morar em apartamentos, silêncio é uma prioridade, afinal a infra-estrutura destes prédios não permite que crianças fiquem correndo, tampouco aguentar barulho de animais. Logo quando os vizinhos reclamam estão com razão na medida em que apartamentos não comportam uma vida saudável para crianças e animais!

  23. Existem pessoas que não deveriam morar em condominios (as que vivem reclamando).Elas colocam os problemas nos outros e com raras excessões, os problemáticos são êles mesmos.

  24. Moro num pequeno apartamento mas mas quero mudar o quanto antes, acho as normas de condominios um abuso, vc não tem liberdade,as pessoas ficam enclausuradas em seus apartamentos,isoladas, se tornam fechadas e não falam c/ niguem

  25. Meu inquilino está em débito com o condomínio.O advogado, que administra o meu imóvel deixou acumular 4 meses e nada me comunicou.A síndica estava negociando com o inquilino e só me comunicou tb 4 meses depois.A síndica disse que me colocaria na justiça caso o inquilino continuasse devedor.Tentei 3 vezes conversar com o advogado no seu escritório e nada.O advogado administra tb o que moro, alugado e chegou a dizer que me daria ordem de despejo , caso eu tirasse o inquilino.Eu sempre paguei minhas contas em dia de ambos os imóveis.A quem recorrer?Existe algum orgão que proteje os proprietários de imóveis?Que país é esse que a pessoa honesta fica à mercê de pessoas que não cumprem a lei.Estou doente de tantos aborrecimentos.Sou deficiente física e diabética de insulina.Por favor, me ajudem!

  26. Não seja que as crianças não possam birncar correr e até mesmo brigarem mas acredito que todos que moram em um condominio tenha lido o regulamento antes mesmo de adiquiriri o imovel ou esse não organização alguma e o direito de todos deve ser respeitado quem quer fazer o que bem querer deve procurar antes de tomar qualquer decisão .E alem do mais cada um educa seu filhos como achar correto.

  27. Por que a Lello não faz um levantamento de quantas pessoas estão insatisfeitas com a dua administração, seria mais interessante do que colocar em estatística que o cachorro do vizinho late demais…. Por que a Lello não divulga o número de reclamaçoes que tem no Procon? Essa Lello é um lixo…aff

  28. Boa tarde, tenho um apto na cdhu e estou tendo problema junto a administradora, pois a água foi individualizada junto aos apto, o meu hidrometro não sei o que aconteceu que justo na parte da numeração está embaçado e toda vez que a mesma vai fazer a leitura da água medem errado, já reclamei junto a administradora e junto ao sindico do condominio. A adm. me informou que tenho que substituir o hidroimetro e esta cobrando um valor de R$ 180,00 pelo serviço.Gostaria de saber como devo proceder a respeito.Fico no aguardo de um breve retorno.

  29. A falta de preparo dos funcionários, o não cumprimento de normas, e ordens dos mesmos, é desgastante.As empresas terceirizadas estão despreparadas na maioria em exigir dos funcionários o mínimo de educação, instrução, civilidade, respeito com o que é o MINIMO para executar as atividades.

  30. Por muito anos, eu e meu esposo convivemos com descaso total do síndico com queixas que nós faziamos devido muito barulho fora de hora no andar de cima, cansamos de reclamar onde chegamos a conclusão que o síndico fazia complô e era convivente com os moradores do andar de cima, alegando pra nós que não faziam barulho ou sja era coisa de nossa cabeça. A solução foi nos mudarmos pq parecia que quanto mais rclamavamos mais era maior a provocação.

  31. No lugar onde eu moro tem muitos prédios,os condôminos que tem cachorro costumam pegar e levá-los pra passear e acaba indo para frente de outros prédios o que muitas vezes gera conflito poque não querem que sujem a área com fezes.Ontem quase que uma vizinha de um prédio tomava banho de água da que morava no apartamento de cima de outro prédio por causa de cachorro.Sendo que na verdade a vizinha estava em frente com seu cachorro de outro prédio,ou seja ela não é síndica nem dona do prédio o que ia gerar uma confusão e terminar até em um assassinato desnecessariamente caso uma das duas tivesse armada,poderia virar caso de polícia.

  32. Minha história pode parecer absurda e muitos não acreditarem,pois bem estou a um ano e meio enfrentando meu vizinho do andar de baixo.Parece que se reuniram para me expulsar da minha própria casa,pois bem tenho um filho especial e ele é acusado pela a maioria dos moradores de meu condomínio a fazer vários barulhos noturnos.Meu vizinho de baixo armou em dar marteladas violentas nas paredes de sua própria casa com intuito de acusarem meu filho.Já chamei a polícia várias vezes eu sou chamada de louca.Tenho provas de que o louco é ele mais o síndico não toma nenhuma providência,estou desesperada com essa situação pois sou viúva e moro sozinha com meus dois filhos,obs jamais meu filho foi violento com alguém ou com coisas ele é um amor de pessoa independente da doença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.