30/07/2012

Conjunto de casas pode virar centro de cultura em Porto Alegre

Conjunto de casas pode virar centro de cultura em Porto Alegre

Fonte: Revista do ZAP

Edificação no bairro Floresta passa por transformação e deverá ser usada também como moradia

Um casario no bairro Floresta, em Porto Alegre, está passando por uma transformação e pode se tornar, em breve, um novo centro cultural e de convivência da capital gaúcha. Marcado no zoneamento da cidade como área de interesse cultural, o prédio deve ter uso misto: habitação, comércio, serviços e sede de programas culturais. O pátio, hoje fechado e que liga as ruas Hoffmann e São Carlos, pode virar um passeio para a vizinhança.

Divulgação

“Muita coisa já foi feita. O edifício apresentava condições precárias de habitabilidade e foi interditado para as reformas emergenciais. Precisou ser desocupado e agora já temos o telhado e reforços estruturais concluídos”, explica o empreendedor João Wallig.

O conjunto de três edificações foi erguido pelo arquiteto Joseph Lutzenberger, pai do ambientalista José Lutzenberger, em 1928. Herança de família, se encontra em condições precárias e é reestruturado por meio de projeto arquitetônico da Goma Oficina.

Em seguida, deve ser submetido à aprovação da Secretaria Municipal de Obras e Viação e da Equipe do Patrimônio Histórico e Cultural. O projeto conceitual é elaborado em conjunto com Casa de Cultura Digital, Casa Fora do Eixo, escritório de arquitetura OCA e autônomos. “Buscamos investidores, patrocínio e subsídio do estado para concluir a obra”, observa o empreendedor.

 

Leia mais:
>> Veja imóveis à venda no bairro Floresta
>> Veja imóveis à venda em Porto Alegre
>> Anuncie seu imóvel no Pense Imóveis

Tags: destaques

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.