22/11/2012

Consórcios de imóveis crescem 9% em setembro

Fonte: ZAP Imóveis

Para Abac, recursos do FGTS foram os principais causadores da alta registrada sobre o ano passado

Apesar de o custo ser, por muitas vezes, maior do que um financiamento, o consórcio de imóveis voltou a crescer no último mês de setembro.

Segundo balanço divulgado pela Abac (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios), o número de participantes neste tipo de modalidade cresceu 9% no nono mês do ano em relação ao mesmo período de 2011.

Para o presidente executivo da entidade, Paulo Roberto Rossi, um fator importante para a alta foi o uso de recursos do FGTS para oferta de lance e consequente antecipação da contemplação ou ainda complemento da carta de crédito, seja para a aquisição de imóvel pronto ou em construção.

Ainda segundo a Abac, no período de janeiro a setembro deste ano, as operações feitas por meio do fundo somaram R$ 85,2 milhões. Deste total, a maior parcela, R$ 47,8 milhões, foi utilizada como lance e complemento da carta de crédito. Os restantes R$ 37,4 milhões foram para amortização de saldo devedor e pagamento de parte das parcelas.

Consórcios de imóveis crescem 9% em setembro
No período de janeiro a setembro deste ano, as operações feitas por meio do FGTS somaram R$ 85,2 milhões (Foto: Banco de Imagens / Think Stock)

“O FGTS tem sido importante nos consórcios de imóveis”, apontou Rossi, em nota.

“O trabalhador-consorciado tem destinado valores disponíveis em suas contas, consideradas as regras da Caixa Econômica Federal [Operadora do Fundo], para adiantamento de parcelas como lance visando à concretização da contemplação. Também têm sido empregados como complemento para compra de imóvel de maior valor ou, durante a duração do grupo, para quitação parcial ou total de prestações vincendas [que ainda vão vencer]. Uma vantagem ou diferencial que o trabalhador tem lançado mão para compra da sua casa própria”, completou.

Quando os dados são comparados com agosto, o aumento, porém, foi bem mais tímido. Em setembro, foram 665 mil consorciados ante os 662 mil registrados nos 30 dias anteriores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.