29/04/2009

Construção civil fecha acordo salarial

Fonte: Jornal da Tarde

Categoria terá reajuste 3% a 7,75%, conforme a faixa de salário, além de outros benefícios

Os trabalhadores da construção civil chegaram a um acordo na tarde de ontem sobre a convenção coletiva após a paralisação da categoria anteontem. O reajuste para quem ganha o piso será de 7,75%, sendo 5,5% de inflação e 2,13% de aumento real.

?Foi um acordo razoável no geral, mas bom para quem ganha o piso da categoria, que representa 90% da base do sindicato?, afirma Antonio de Sousa Ramalho, presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de São Paulo (Sintracon-SP).

Para quem ganha acima do piso e até R$ 2,5 mil mensais, o reajuste é de 6,47%. Quem recebe entre R$ 2,5 mil e R$ 5 mil a correção salarial é de 5,5%. E para os que ganham acima de R$ 5 mil, o aumento será de 3%.

A convenção coletiva ainda conseguiu garantir aos trabalhadores uma cesta básica maior, que passa de 30kg para 36kg, e o fornecimento de protetor solar para os funcionários que trabalham expostos ao sol. Segundo o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP), o fornecimento e o grau de proteção deverão ser indicados pelo médico do trabalho.

?A questão é que a Participação nos Lucros ou Resultados (PLR) ficou de fora do debate. A partir de junho vamos começar a mobilização pelo abono. Se for preciso, faremos novas greves?, diz o dirigente do Sintracon.

BRIDGESTONE – Os trabalhadores da Bridgestone do Brasil, de Santo André, aprovaram proposta de redução de jornada de trabalho e de salário. Serão dez dias a menos para equipes de fábrica e administração, por um período de três meses, entre 30 deste mês e 29 de julho. Nos pagamentos, o corte é de cerca de 10%. Pelo acordo, os trabalhadores terão estabilidade no emprego durante seis meses.

A medida proposta pela empresa busca evitar demissões, pois a crise econômica afetou as vendas da companhia. Há mais de um milhão de pneus estocados nos pátios, segundo a Bridgestone.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.