04/09/2012

Construção de centro cultural em Porto Alegre está quase pronta

Construção de centro cultural em Porto Alegre está quase pronta

Fonte: Revista do ZAP

Santa Casa precisa de R$ 1,1 milhão para inaugurar espaço de lazer e cultura até 2013

Um conjunto de oito casas na Avenida Independência do início do século 20 deve se transformar em uma nova opção de lazer, cultura e pesquisa histórica da região.
Após nove anos em construção, falta pouco para o Centro Histórico-Cultural Santa Casa receber exposições, concertos, peças de teatro, shows musicais e, principalmente, visitantes.

Luísa Medeiros / Agência RBSOito casas do início do século 20 receberão concertos, peças e exposições no centro de Porto Alegre

Cerca de 10% do valor da obra ainda precisam ser arrecadados — resta R$ 1,1 milhão a ser recolhido, dos mais de R$ 11 milhões orçados para a restauração do casario. A intenção é que, até outubro de 2013, quando a obra completa uma década, o complexo seja inaugurado para o público.

“A Santa Casa tem o ideal de não tirar dinheiro da saúde para a construção do centro. Então, trabalhamos com doações e com o que pode ser captado via leis de incentivo fiscal”, explica a historiadora Véra Barroso.

O espaço de 3,5 mil metros quadrados acolherá atrações como arquivo histórico, biblioteca, museu, salas de ensaios e de educação patrimonial, além de cafeteria e teatro. As oito casas do quarteirão foram escolhidas pela importância construtiva — são de 1907 — e pelo vínculo com a comunidade do entorno. São reconhecidas, também, pelo Instituto do Patrimônio Histórico Instituto e Artístico Nacional (Iphan) como de grande valor urbanístico, por terem marcadas características arquitetônicas e serem os últimos exemplares preservados na área central.

Acervo médico e cultural da cidade
Após uma crise profunda que atingiu a Santa Casa entre os anos 70 e 80, a direção do hospital percebeu a importância de preservar a história da instituição. Inaugurada em 1803, a casa de saúde acompanhou as transformações da Capital e tem um rico acervo sobre a história cultural e médica da cidade. Decidiu-se formar uma equipe para organizar o arquivo.

Às vésperas do bicentenário, em 2003, percebeu-se que o arquivo precisava de um local para ser mostrado à comunidade. Decidiu-se pelo tradicional casario da Independência.

Contribua
— Há duas maneiras de ajudar: a primeira é com contribuição sem incentivo (doações sem vínculo a deduções fiscais)
— A segunda é por meio de contribuição com incentivo, via Lei Federal de Incentivo à Cultura — Lei Rouanet (pessoas físicas podem contribuir com até 6% do seu I posto Devido, e pessoas jurídicas, com até 4%), e via  Lei de Incentivo à Cultura Estadual (LIC), com isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS)
— Informações aqui ou pelo telefone (51) 3214-8255

Leia mais:
>> Conjunto de casas pode virar centro de cultura em Porto Alegre

Tags: Urbanismo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.