06/05/2009

Construção pode continuar com IPI reduzido

Fonte: Jornal EXTRA

Governo deve manter produtos com carga menor do imposto

A redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para materiais de construção pode ser prorrogada indefinidamente, afirmou o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge. O benefício, que vale até o fim de junho, seria mantido como forma de estimular a construção civil, principalmente em função do programa de habitação “Minha casa, minha vida”, que prevê a construção de um milhão de moradias, explicou o ministro na segunda-feira.

O comércio, que desde abril repassa a redução do IPI aos consumidores, espera que a manutenção da medida faça com que mais pessoas tenham acesso aos produtos.

“Os nossos clientes não decidem construir uma casa ou fazer uma reforma de um mês para o outro. Se o governo mantiver a redução do imposto, teremos a oportunidade de atender muitos que ainda estão planejando suas obras, inclusive os que vão financiar os imóveis pelo governo”, afirmou o diretor comercial da rede Casa Show, Rodrigo Frazão.

CAIXA AUMENTA PRAZO – A Caixa Econômica Federal ampliou o prazo de pagamento do Construcard Caixa – linha de crédito para compra de material de construção – de 42 para 60 meses. O cliente tem entre dois e seis meses de carência para fazer as compras, período em que paga apenas os juros sobre o valor utilizado. A carência conta nos 60 meses para pagamento. Os juros são de 1,59% ao mês, mais Taxa Referencial (TR), que é variável. Em abril, ela foi de 0,04%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.