05/09/2013

Construir imóvel em São Paulo fica 7% mais caro em 2013

Somente em agosto, o índice ficou 0,16% mais caro na comparação com julho, atingindo R$ 1.094,71 por metro quadrado

Fonte: ZAP Imóveis

Construir um imóvel residencial no Estado de São Paulo tem ficado cada vez mais caro, o que tem refletido diretamente nos preços na hora da venda.

Construir imóvel em São Paulo fica 7% mais caro em 2013
Segundo a pesquisa, a alta foi puxada pelo material de construção, que ficou 0,31% mais caro no período, custando, em média, por R$ 429,69 o metro quadrado (Foto: Banco de Imagens / Think Stock)

Isso porque o CUB (Custo Unitário Básico) da construção civil paulista registrou alta de 6,82% no acumulado de 2013 (janeiro a agosto) em relação ao mesmo período do ano passado.

O índice é calculado pelo Sinduscon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) e a FGV (Fundação Getúlio Vargas) e é usado para reajustar dos contratos de obras.

Somente em agosto, o índice ficou 0,16% mais caro na comparação com julho, atingindo R$ 1.094,71 por metro quadrado.

Quando a análise é feita sobre o mesmo mês de 2012, o aumento chega a 7,35%.

Segundo a pesquisa, a alta foi puxada pelo material de construção, que ficou 0,31% mais caro no período, custando, em média, por R$ 429,69 o metro quadrado.

Já a mão de obra subiu 0,07%, enquanto os gastos com salários de engenheiros ficaram estáveis.

No período, 15 dos 41 insumos da construção pesquisados variaram acima do IGP-M do mês, que ficou em 0,15%.



Confira os que tiveram os maiores reajustes:

Óleo diesel – 1,36%
Areia média lavada – 1,18%
Aço CA-50 – 1,17%
Chapa compensado resinado – 0,75%
Brita 2 – 0,63%
Tubo de cobre – 0,62%
Bloco de concreto – 0,54%
Concreto FKC=25 – 0,39%
Granito polido p/ piso – 0,32%
Cimento CPE-32 saco 50 kg – 0,27%

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.