04/05/2012

Construtoras apostam em lavanderias coletivas para aproveitar melhor os espaços

Construtoras apostam em lavanderias coletivas para aproveitar melhor os espaços

Fonte: Revista do ZAP

Enquanto lavam a roupa, os moradores podem assistir à televisão, ouvir música e conversar com os amigos em ambientes diferentes das áreas de serviço tradicionais

Como já dizia a música, “lavar roupa todo dia, que agonia”. Esse afazer doméstico poderia até ser considerado monótono antigamente. Hoje, no entanto, isso está mudando devido à implementação das chamadas lavanderias coletivas. Cada vez mais difundidos nos novos empreendimentos, os espaços vão muito além de uma simples área de serviço.

>> Confira a íntegra da edição 1 da revista impressa Pense Imóveis, onde a matéria foi publicada
>> Cadastre-se e receba a revista em casa
 

Você já imaginou deixar a lavadora trabalhando enquanto escuta uma boa música ou assiste a um filme num espaço superdescolado e moderno? Pois estes são alguns dos atrativos do Pub Lavanderia do Rossi Fiateci, na Zona Norte de Porto Alegre, que, como o próprio nome diz, lembra muito mais um pub para curtir um happy hour com os amigos do que uma lavanderia.

Rossi Fiateci / Divulgação
Pub Lavanderia do Rossi Fiateci, na Zona Norte de Porto Alegre


“O barulho das máquinas não é forte ou desagradável. É bem gostoso de conviver lá”, garante o arquiteto que assinou o projeto, Raul Pêgas. E se você preferir utilizar o tempo de espera pelas roupas para praticar alguma atividade mais individual, como estudar, ler um livro ou jornal, trabalhar no notebook, existem mesas, cadeiras e poltronas à sua disposição. A lavanderia do Résidence du Lac, da Multiplan, por exemplo, também na capital gaúcha, além de televisão, conta até com um jardim de inverno. O conceito de lavar roupa, portanto, não fica mais restrito à tarefa doméstica e vira sinônimo de socialização e integração entre os moradores do condomínio.


Otimização de espaços
A alta valorização dos terrenos centrais e urbanos fez com que os apartamentos fossem sendo reduzidos. As lavanderias coletivas servem, então, de solução para as construtoras para um melhor aproveitamento de espaço. “É preciso racionalizar as áreas”, garante o diretor superintendente da Brasil Brokers Noblesse, Eduardo Sukienik. Assim, o ambiente que antes seria utilizado para a área de serviço passa a ser empregado para ampliar outras peças. Estudantes, solteiros ou recém-casados têm sido os principais compradores dos empreendimentos que seguem essa tendência, segundo o gerente de vendas da Agência Bela Vista da Guarida Imóveis, Diego Godoy.

Goldsztein / Divulgação
Lavanderia do Urban Concept, da Goldsztein Cyrela, localizado no bairro Três Figueiras, na capital gaúcha


Facilidade do condomínio
A administração dos espaços fica a cargo de cada condomínio, que pode terceirizar o serviço. O morador, portanto, não precisa se preocupar em comprar uma lavadora e uma secadora de roupas e pode descartar da lista do supermercado os produtos de limpeza.  “Praticidade é um dos principais benefícios dessas lavanderias”, explica Lilian Maya Rodrigues, gerente de produto da Goldsztein Cyrela. A incorporadora já construiu dois empreendimentos com lavanderias coletivas em Porto Alegre, o Kárpathos Living Design, no bairro Jardim Europa, e o Urban Concept, no Três Figueiras.

Multiplan / Divulgação
Lavanderia do Résidence du Lac, da Multiplan. O ambiente foi projetado no subsolo do empreendimento, construído dentro do complexo do BarraShoppingSul, em Porto Alegre

Leia mais:
>> Cozinha integrada com lavanderia ganha área de refeição e visual renovado
>> Veja uma lista de oferta de apartamentos no RS com lavanderia
>> Confira diversas ofertas de apartamentos em SC com lavanderia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.