12/08/2009

Construtoras derrubam os preços dos imóveis

Imóveis construídos há cerca de 35 meses ainda estão à venda na capital. A ordem é pechinchar

(Foto: Divulgação)
Agora é um bom momento para investir em imóveis ou comprar a casa própria (Foto: Divulgação)

As construtoras e incorporadoras estão queimando os seus estoques de imóveis construídos nos últimos 35 meses na capital. No primeiro semestre do ano foram vendidas 14.368 unidades e lançadas 8.150. Ainda assim, existem entre 13 mil e 14 mil “na prateleira”. E esse movimento faz com que agora seja um bom momento para investir em imóveis ou comprar a sonhada casa própria.

“É hora de pechinchar para conseguir preços mais baratos no imóveis em estoque, pois a maioria dos lançamentos ficaram para o segundo semestre”, comenta Luís Paulo Pompéia, diretor da Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp).

De acordo com balanço do Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo (Secovi-SP) e da Embraesp, as 8.150 unidades lançadas na capital no primeiro semestre deste ano representam uma queda de 51,5% em comparação com as 16,8 mil lançadas nos primeiros seis meses de 2008.

Contudo, o volume de vendas foi semelhante ao apresentado no primeiro semestre de 2007. Neste ano, o acumulado é de 14.368 e o de dois anos atrás era de 14.430. “A expectativa é de fechar o ano com vendas semelhantes às de 2008, com cerca de 32 mil unidades comercializadas”, afirma Celso Petrucci, economista chefe do Secovi.

Para presidente do sindicato, João Crestana, os números do primeiro semestre mostram uma retomada das vendas a patamares semelhantes ao período pré-crise, que se acirrou em setembro do ano passado. “O consumidor também reagiu melhor ao período de crise, com mais confiança e não parou de comprar, ao contrário do que se acreditava. Já os empresários do setor foram cautelosos e seguraram os novos empreendimentos. Além disso, a retomada do setor é diferente da de outras áreas, demora pelo menos seis meses para acontecer”, explica.

Na Região Metropolitana de São Paulo, o número de lançamentos também caiu, com 55% menos unidades do que no mesmo período de 2008. Foram 14.220 neste ano contra 31.750 em 2008. Mesmo assim, de acordo com Pompéia, as cidades do entorno de São Paulo têm compensado o volume cada vez menor de lançamentos na capital.

“O que faz o número de empreendimentos cair em São Paulo é a questão do preço do terreno. Com a nova lei de zoneamento, a capacidade construtiva cai pela metade e as construtoras acabam elevando o nível e preço dos imóveis”, diz Pompéia. Segundo ele, na Grande São Paulo há 300 empreendimentos em fase de construção.

ALGUNS LANÇAMENTOS:
EVEN
Club Park Butantã, Rua Trajano Reis, 777. Apartamento de quatro dormitórios, entre 105 metros quadrados e 358 m². Em construção. Entrega em fevereiro de 2011

Vida Viva Mooca: Rua Canuto Saraiva, 280. Apartamento de três dormitórios, de 66 m² a 103 m².

Vida Vida Butantã: Avenida Otacílio Tomanik, 1186. Apartamentos de 88 m² a 194 m², com 3 ou 4 dormitórios. Entrega em maio de 2010

EZTEC
Sports Village Ipiranga: Rua Agostinho Gomes. Apartamentos de dois e três dormitórios, de 72 m² a 94,7 m²

Clima do Bosque, Vila Pudente: Avenida Alberto Ramos, 130. Apartamentos de três ou quatro dormitórios, entre 96 m² e 127 m², prontos

GOLDFARB
Square Gardn 2, Santo André: Rua Jorge Beretta, esquina com Av. das Nações, Parque das Nações. Lançamento. Apartamento de dois dormitórios, com medidas de 48,5 m² a 86 m². Preço a partir de R$ 96.600

Prime Residence Jaguaré: Avenida Miguel Frias e Vasconcelos, esquina com a Avenida Jaguaré. Apartamentos de dois e três dormitórios, (uma suíte) de 65,06 m² a 86,58 m². 21 itens de lazer. Mensais a partir de R$ 530

Residencial Ilhas Canárias: Rua Mílton Soares, Butantã. Seis Torres. Apartamentos de dois ou três dormitórios, com medidas entre 49m² e 55m². Preços a partir de R$ 141.700

Reserva das Acácias, Vila Prudente: Rua Val de Palmas. Apartamentos de dois dormitórios. Lançamento próximo

HELBOR
Condominium Parque Clube: Rua Augusta, 183 – Guarulhos. Apartamentos de 91,91 m² a 256,19 m². Preços a partir de R$ 241 mil. Fianaciamento em 300 meses. Entrega outubro de 2010

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.