15/12/2006

Consulte corretor para se garantir

Fonte: Jornal da Tarde

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis de São Paulo (Creci-SP) recomenda aos consumidores adotarem algumas medidas de segurança, como procurar um corretor de confiança com quem já tenham mantido algum contato, antes de ‘bater o martelo’.

Caso ainda não conheça um profissional ou imobiliária credenciados, pode-se recorrer às delegacias da entidade ou consultar o site (www.creci.org.br).

Deve-se, sempre que possível, visitar o imóvel antes de fechar o negócio. Isso permite saber qual é o estado real do imóvel, as características da vizinhança, qual a distância exata do imóvel até a praia, além das condições dos equipamentos domésticos.

No caso de aluguel de veraneio, o importante é fazer um contrato, mesmo que a locação dure somente uma semana.

Nesse contrato devem constar as datas de entrada e saída do inquilino, o valor, a forma de pagamento, eventuais multas para os casos de atraso ou de depredação e até o número de pessoas que vão ficar hospedadas no imóvel.

As formas de pagamento do aluguel de temporada são livremente combinadas entre o proprietário e o inquilino.

A prática usual é a de que 50% do valor total da locação seja pago no ato da contratação e os 50% restantes na data de entrega das chaves.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.