05/12/2013

Contemporâneo sem perder a personalidade

Contemporâneo sem perder a personalidade

Fonte: Revista do ZAP

Casal paulista muda-se para Florianópolis e imprime no novo lar referências particulares

Os proprietários deste imóvel — um casal sem filhos — vieram de São Paulo para Santa Catarina. O local escolhido para fixar residência: Florianópolis, mais especificamente Jurerê Internacional. A casa já existia, com projeto arquitetônico de Celso Thomé. Para se dedicar ao desenho de interiores, os donos contrataram a arquiteta Mariana Pesca, que ficou responsável por repaginar a sala social e o home office no pavimento inferior e o dormitório do casal no piso superior.

Arquitetura-contemporânea



Segundo a profissional, o imóvel tinha uma sala ampla, com 112,5 metros quadrados. Como o cliente — quando está em Florianópolis — precisa trabalhar em casa, Mariana sugeriu ‘roubar’ uma parte desse espaço para fazer o escritório fechado, que ficou com 19 metros quadrados. O casal passou um briefing e algumas referências por meio de fotos. Eles mostraram alguns dos seus gostos. Algo contemporâneo, mas com toques bem pessoais, pois como viajam muito, trazem muita coisa de fora.

“Eles gostam muito de tecnologia. A cor preta aparecia muito nas referências. Tentei juntar todas as informações para montar o layout dos três ambientes”, destaca a arquiteta.

O fechamento para a criação do home office se deu com paredes de gesso acartonado e revestimento acústico interior. Ainda foi inserida uma porta de correr embutida nessas paredes.

Desafios e Soluções

A maior dificuldade na sala social, lembra a arquiteta, era conseguir demarcar os ambientes já que a mesma tinha um tamanho generoso, sem paredes e com muitos vidros. O local da lareira e TV (área do home theater) já estava definido, sendo esse conjunto revestido com mármore Carrara. Na ambientação um sofá bem confortável, uma poltrona com pufe e uma mesa de centro.

Começando a montar a sala de estar, para não ter um sofá direto de costas para o do home, e também para conseguir um hall de entrada para a casa, projetou-se um combinado de aparadores. Um preto em L faz a vez de um nicho abraçando o sofá com espelho interno e iluminação camuflada dando leveza. Sobre o móvel, dois abajures dourados. Outro aparador todo de espelho fumê vai do teto, se estende entre os sofás do home e do estar e termina no chão.

Assim, a arquiteta conseguiu trabalhar com um sofá de penas de ganso em L, sob medida, ampliando bastante os lugares do estar. O tapete dessa sala os donos trouxeram do Marrocos, bem como diversos outros objetos adquiridos nas viagens. O que dá movimento à sala é a escolha dos tecidos que se destacam mais pelas formas do que pelas cores.

Arquitetura-contemporânea












O sofá de pena de ganso em forma de L ampliou os lugares na área de estar de maneira sofisticada

Arquitetura-contemporânea




 

O conjunto que reúne TV e lareira foi demarcado pelo revestimento de mármore carrara


Moderno e tecnológico

No andar superior do imóvel, uma parte da sala íntima foi cedida para a ampliação do dormitório do casal, que tinha 25 metros quadrados.

“Mas como os clientes queriam uma antessala com lareira e espaço para a penteadeira, ampliamos o quarto que ficou com 32,5 metros quadrados”, explica Mariana.

O casal já tinha a ideia de trabalhar com projeção de imagem. Como o dormitório deles era mais comprido do que largo, segundo a arquiteta, houve a segmentação do espaço por meio de um vidro com película de projeção. Dessa maneira, de um lado estão a cama king com dois estilos de criados-mudos diferentes e um pufe-baú nos pés, que ajuda a guardar a colcha na hora de dormir.

Do outro lado, fica a saleta que abriga um sofá, uma namoradeira, um pufe, uma mesa de centro projetada de pedra com uma biolareira embutida e acabamento de madeira.
 
A penteadeira com desenho contemporâneo destaca-se pela iluminação bem diferente da convencional. Numa ponta da bancada um abajur e na outra uma luminária tipo holofote tripé de piso.

Não passam despercebidos nesse ambiente, que para a arquiteta é o xodó do projeto de interiores, os painéis que sobem nas paredes em forma de L na direção do teto, revestidos com papel de parede que remete ao efeito de madrepérola.

Nos tecidos aparece o veludo e as estampas pied poule em tamanhos diferentes, sempre nos tons de preto e de bege. No quesito cores, o ambiente evidencia o bege e o preto, sendo o preto em menor quantidade para garantir leveza ao dormitório. Iluminação pontual com lâmpadas halógenas (AR 70) destacam detalhes. Outras com abajures e pendentes possibilitam cenas diferentes.

Arquitetura-contemporânea

 

O vidro com película de projeção de vídeo divide sem bloqueio visual a área da cama e a saleta que abriga um sofá, uma namoradeira um pufe e a mesa de centro com lareira embutida


Profissional
Arquiteta Mariana Pesca
(48) 3879-9889
marianapescaarquitetura@gmail.com


Leia mais:
>> Cozinha contemporânea: reforma deixa ambiente mais prático e despojado
>> Paisagem encantadora integra projeto de casa de praia com ampla área social

Tags: arquitetura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.