14/05/2009

Crédito para moradia

Fonte: Jornal EXTRA

Especialistas lembram que o universo de poupadores com saldo acima de R$ 50 mil é pequeno, mas esse grupo responde por 40,82% do dinheiro investido na poupança

O impacto que a taxação da poupança terá no volume de recursos destinados pelos bancos aos financiamentos habitacionais ainda não pode ser medido. Especialistas lembram que o universo de poupadores com saldo acima de R$ 50 mil é pequeno, mas esse grupo responde por 40,82% do dinheiro investido na poupança. E 65% dos depósitos feitos nessa aplicação são direcionados ao crédito para compra da casa própria.

“Mantendo-se a distância entre o rendimento da poupança e dos fundos e com a trajetória do juros em queda, não vejo riscos. O problema ocorrerá se houver mudanças na política monetária do Banco Central (BC), com juros altos. Nesse cenário econômico, a poupança ficaria frágil e os bancos dificultariam o crédito imobiliário (por terem menos dinheiro disponível em caixa para emprestar)”, disse o economista Marcus Vinícius Valpassos, da Galanto Consultoria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.