04/06/2013

Crianças ganham ambientes dedicados a elas na Casa Cor SP

Quarto da bagunça e dormitórios trazem elementos lúdicos que servem como inspiração na decoração de espaço destinados a meninos e meninas

Fonte: ZAP Imóveis

Com inspiração no universo infantil, alguns ambientes da 27ª edição da Casa Cor São Paulo são totalmente destinados aos pequenos. Quartos de crianças e espaços da bagunça ganham decoração lúdica para inspirar os pais a decorarem o dormitório de seus filhos.

Quarto da Bagunça é o espaço perfeito para estimular a imaginação das crianças (Fotos: Divulgação)

A mostra, que abriu as portas do Jockey Clube de São Paulo no dia 28 de maio e irá até 21 de julho, apresenta ambientes com elementos que remetem à brincadeira, com papéis de parede, livros e até submarino para estimular a imaginação da criançada.

Confira abaixo quais são os ambientes projetados para o quarto das crianças na Casa Cor São Paulo 2013:

Quarto do Bebê – Mariana Albuquerque e Guilherme Ommundsen, da Decoradornet, criaram um quarto de bebê feminino neo romântico com referências nórdicas e obras da artista Lina Bo Bardi. O espaço oferece tons de cinza e preto, mas são suavizados com cores como o branco e rosa. O berço foi inspirado no vão livre do MASP (Museu de Arte de São Paulo). Os brinquedos ficam expostos em suportes pendurados no teto, o que confere um ar lúdico ao ambiente.

Quarto do Bebê, da Decoradornet

 

Suíte do Menino – Inspirada pela animação Monstros S.A., Clélia Regina Angelo criou um espaço dedicado aos meninos. Uma televisão está exposta na parede que fica em frente a um colchão onde os garotos podem assistir a um filme ou jogar videogame. A profissional utilizou móveis em madeiras MDF.

Suíte do Menino, de Clélia Regina Angelo (Foto: Olivia Caires/ZAP Imóveis)

 

Espaço Menino – Os personagens Transformers são as estrelas deste ambiente, projetado por Roberta Rocino. O quarto conta com um pufe de plástico transparente com enchimento de bolinhas e também uma escrivaninha com livros e itens de decoração que remetem ao desenho.

Espaço Menino, de Roberta Rocino (Foto: Divulgação/Marcelo Scandaroli)

 

 

Quarto da Bagunça – O espaço desenvolvido pela arquiteta Camila Rosa é o paraíso para qualquer criança. Com 60 metros quadrados, o ambiente tem dois beliches, além de uma parede com livros expostos, onde cada um pode escolher qual vai ler. O quarto conta também com portas de diferentes tamanhos que revelam surpresas, como fantasias.

Quarto da Bagunça, de Camila Rosa

 

Suíte da Menina – Desenvolvido por Renata Coppola, este ambiente da Casa Cor é ideal para as garotas que gostam de moda e balé. A arquiteta e designer de interiores aplicou papel de parede, além de usar mobiliários coloridos e boneca em escala real. Para o chão, a profissional optou por piso e batentes em madeira de demolição e forro em microcimento resinado.

Suíte da Menina, de Renata Coppola

 

Play Room – Abrir as portas do ambiente de 70 m² do arquiteto Edson Lorenzzo é como ter a sensação de entrar dentro de um submarino. A mesa polvo, que tem a forma de um tentáculo, em conjunto com o piso interativo com peixes e estrelas do mar e outros elementos criam toda a atmosfera marítima que o profissional propõe. Lorenzzo buscou inspiração no livro “20.000 Léguas Submarinas”, de Júlio Verne.

Play Room, de Edson Lorenzzo (Foto:Divulgação/Inés Antich)

23 Comentários

  1. Aff, onde será que encontramos apartamentos com estes quartos enormes para comprar, decoradores, vamos adequar os projetos à realidade do Brasil?

  2. Quarto da bagunça e dormitórios para filhos de RICOS/MILIONÁRIOS né?!! Porque não fazem uma coisa que é acessível a maioria da população brasileira?…

  3. Em um mundo em que os ambientes estão ficando cada vez menores, a Casa cor vem decorar os ambientes “novos”?

  4. …tudo lindo maravilhoso….fui na exposição ano passado e irei nesta com certeza….é muita novidade..é um conceito diferenciado…ambientes q

  5. que remetem a uma sensação de conforto…de amplitude..de Inovação…sempre!! amei…lindo!!

  6. Ficou legal, mas porém os cantos do dos móveis teria que ser arredondados para evitar acidentes!

  7. Sinceramente, achei a mostra pouco atrativa. Excesso de cores e detalhes. Pouco aproveitamento de espaço. O mobiliário ficou “espalhado”. Para uma criança hiperativa, nenhum desses ambientes seria o ambiente ideal. Creio que deveriam se utilizar de cores calmas e um ambiente menos “sofisticado”. Ache todos os ambientes com muitos excessos. Inclusive a mesa de vidro também no Espaço Menino, não ficou legal. Vidro “compromete”, principalmente em tampos de quartos infantis. Ficou o quarto masculino, porém, mesclado (adulto-infantil). Trato apenas de uma crítica construtiva. Foi excessivamente criativo!…Bjks

  8. quartos lindos,estão de parabéns,meu filho de 5 anos escolheu e quer que eu faça pra ele o suite quarto de menino Cléila Regina Angelo.Adoramos.

  9. Adorei…………….!só gostaria de receber encartes com a versão menina ppois vou montar o quarto da minha netinha de 6anos

  10. realmente um sonho a realização das fantasias no melhor cantinho da casa seu quarto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.