03/08/2009

Cristaleiras ganham novas leituras nos projetos de decoração

Fonte: O Globo

Os antigos móveis voltam a participar da decoração dos ambientes e ganham diferentes leituras e formatos nos projetos de residências

Rio de Janeiro – Quando a corte portuguesa chegou ao Brasil, há 200 anos, trouxe na bagagem móveis que introduziram novos hábitos – entre eles, as cristaleiras. Essa requintada peça do mobiliário, no entanto, desde os anos 70 parecia guardada no fundo de um baú. Agora, a velha cristaleira está de volta, porém com novo formato.

Antes de mais nada, as cristaleiras modernas têm as linhas retas da arquitetura contemporânea. E, não raro, são multifuncionais: servem para guardar louças e fazem as vezes de bufê, sendo usadas como apoio na hora de servir a refeição. Consequência do tamanho de casas e apartamentos, cada vez mais compactos.

Veja opções de cristaleiras para casa

Num imóvel no Leblon, reformado pelo escritório Helena Costa, e num outro na Lagoa, projeto de Flávio Hermolin, há cristaleiras multifuncionais. Os dois projetos têm programação visual diferente – o de Hermolin ganhou portas com frisos vazados. Mas o revestimento escolhido é o mesmo: madeira laqueada de branco, uma linguagem da decoração dos novos tempos. No fundo dos dois móveis, há espelhos, como nas antigas cristaleiras.

Leia mais:

Do tempo da vovó

Quer saber mais? Siga o ZAP no Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.