07/01/2009

Custo da construção paulista subiu 10,96% em 2008

Fonte: Editoria Zap

Alta foi puxada pela elevação de preços do aço, do cimento e do concreto

DivulgaçãoZap o especialista em imóveisEm dezembro do ano passado, o CUB apresentou recuo de 0,04%

O custo da construção civil paulista apresentou alta de 10,96% em 2008, segundo o Sinduscon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo). O aumento foi puxado pela elevação de preços do aço, com alta de 32,14% em 2008, seguido pelos aumentos da brita 2 (29,99%); da massa pronta para reboco (27,78%); do cimento CPE-32 (26,24%); da areia média lavada (22,21%); e do concreto (21,21%).

Apenas em dezembro, o CUB (Custo Unitário Básico) apresentou recuo de 0,04% em relação ao desempenho do mês anterior. A queda foi influenciada pela redução de 0,1% nos preços dos materiais comprados pelas construtoras, na mesma base de comparação. Foi o único mês do ano em que o Sinduscon-SP registrou redução nos insumos.

MÃO DE OBRA – O custo da mão-de-obra subiu em dezembro 0,02% e, em 2008, acumulou alta de 10,04%. O custo administrativo, representado pelo salário dos engenheiros, ficou estável no último mês do ano e subiu 1,46% no ano.  A média ponderada entre essas variações resultou na retração de 0,04% do CUB Representativo da construção civil paulista (R8-N) em dezembro, equivalente ao custo de R$ 825,88 por metro quadrado.

Em dezembro, os principais insumos da construção que tiveram aumentos de preços superiores à variação de -0,13% do IGP-M foram:
Bloco cerâmico para vedação: +4,83%
Óleo diesel: +2,86%
Prego: +2,83%
Registro de pressão cromado: +2,35%
Impermeabilizante: +1,62%
Vidro liso transparente 3mm: +1,48%
Brita 2: +1,38%
Tinta látex branca PVA: +1,27%
Tábua de madeira: +1,14%
Bloco de concreto: +0,57%

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.