04/05/2009

Custo de caçambas quase 70%

Fonte: Jornal da Tarde

Verifica-se que o custo pelo serviço pode variar entre R$ 150 a R$ 250

Em uma pesquisa com três empresas de locação de caçamba em diferentes regiões da cidade, verifica-se que o custo pelo serviço pode variar quase 70%, de R$ 150 a R$ 250, seja por causa da região, distância entre empresa e bairro que contrata o serviço e até mesmo por causa de materiais especiais, como gesso, madeira e lã de vidro.

Na Tatman Remoções, que atua na zona oeste, em bairros como Pinheiros, Lapa e Moema, é cobrado, em média, R$ 180 pelo serviço. Dependendo de materiais contidos na caçamba, como gesso, que exige triagem específica, ele pode custar R$ 200.

Na Sérgio Tadeu Ribeiro, que atua na região de Santo Amaro, na zona sul, o preço varia entre R$ 150 e R$ 180 e, caso o carregamento contenha madeira, também são cobrados mais R$ 20 pelo serviço.

Wilder De Cicco, sócio proprietário da Caçambas Garça, localizada na zona leste, no bairro Aricanduva, conta que custo do serviço na região varia de R$ 170 a R$ 180 e, no Centro, de R$ 200 a R$ 220. No transporte de madeira, também é cobrado mais R$ 20 pelo serviço.

?No centro, o serviço é mais caro porque só pode ser colocada depois das 20h e retirada antes das 5h. Até em bairros mais adensados, como Tatuapé, cobramos um pouco mais porque acabamos tendo que retirar a caçamba à noite, em horários com movimento menor.?

A Prefeitura estima que o custo do serviço seja, em média, de R$ 120. De Cicco diz que houve um reajuste nos últimos dois anos devido à novas normas, como a separação da madeira e o gesso nos transbordos, além do aumento do custo dos combustíveis.

?Os clientes acabam misturando madeira, gesso, lã de vidro, isopor, pneu, lixo orgânico aos outros materiais para não pagarem mais pelo serviço. Até hoje recolhemos materiais proibidos como telhas de amianto e só verificamos no próprio transbordo, pelo qual acabamos pagando mais. Em três anos, o custo do serviço aumentou R$ 50.?

É possível pesquisar empresas regularizadas por bairro no site da Prefeitura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.