15/08/2011

Decoração para quem mora sozinho

Fonte: O Globo

Se você mora sozinho e ainda não está pensando na união estável de escovas de dentes, que tal aproveitar toda essa liberdade para dar uma repaginada no seu lar, doce lar? No Dia do Solteiro, que é comemorado nesta segunda-feira, o Morar Bem dá uma mãozinha aos moradores solitários com três sugestões de projetos de residência de tamanhos e estilos diferentes. Veja qual perfil de apê combina mais com o seu estilo.

Cortina de voile divide sala e quarto (Foto: Divulgação)
Cortina de voile divide sala e quarto (Fotos: Divulgação)

Soluções sustentáveis para um apartamento de 30 metros quadrados – O espaço era pequeno e a grana curta, mas o arquiteto Gláucio Gonçalves venceu os limites físicos e financeiros ao encontrar soluções sustentáveis e modernas para o projeto do estúdio de um solteiro, de 30 metros quadrados, na Chácara Klabin, Zona Sul de São Paulo.

O quarto e a sala são divididos por uma cortina de voile branca, proporcionando leveza ao ambiente. Para compensar a falta de espaço para um armário no dormitório, foi incluída uma cama com baú. Já na cozinha, o cooktop de duas bocas substituiu o fogão convencional para não ocupar muito espaço.

Madeira de peroba na cozinha e na escada, para reforçar a integração dos espaços
Madeira de peroba na cozinha e na escada, para reforçar a integração dos espaços

Outro ponto de destaque na decoração do apartamento é a harmonização dos ambientes. O tanque da área de serviço foi embutido no granito preto, dando continuidade à decoração da cozinha. Na sala, um papel de parede em listras de tons pastéis compõe com a tonalidade do piso. Já no lavatório, a decoração é sóbria, em tons de preto e branco.

A sustentabilidade está presente no projeto. A escolha de piso laminado para o chão da sala e do quarto e de tecnocimento para a área de serviço, por exemplo, diminuíram a quantidade de entulho e sobras. Além disso, um futtonna cor laranja, que antes era utilizado como cama, ganhou nova utilidade: a de assento do sofá. Sua transformação foi feita com caixas de feira pintadas de preto.

Sofá divide a sala do quarto
Sofá divide a sala do quarto

Novo desenho para um triplex de 80 metros quadrados no Rio – A versão original do apart-hotel de 80 metros quadrados incluía varanda, cozinha, lavabo, sala, escada, quarto, suíte e escritório. Mas os arquitetos Mariana, Bruno e Luiz Marinho resolveram colocar todas as paredes abaixo para dar lugar aos novos ambientes solicitados por seu cliente recém-separado. São eles: hall, cozinha integrada, lavabo, adega e nova suíte.

Na reconstrução do ambiente, o trio optou por materiais que pudessem dar a sensação de integração de ambientes e conforto. É o caso da madeira peroba, usada nos armários da cozinha e na escada. No ambiente de dormir, foi incluída a área de trabalho. A mesa, também feita em madeira peroba, fica voltada para a janela, dando ao morador uma vista espetacular para o Rio de Janeiro em seus momentos de estudos e trabalho.

Na sala, a luz refletida nas sancas reforça a altura do ambiente. Já no banheiro, a luz sobre o espelho assume um tom “âmbar”.

Um apê descolado de 90 metros quadrados para um publicitário com pouco mais de 30 – Neste projeto das Juliana Neves, Mabel Graham e Luciana Nasajon, do escritório A3 Interiores, todas as paredes do apartamento de 90 metros quadrados foram derrubadas de forma a proporcionar a integração total entre os ambientes e, consequentemente, uma maior sensação de amplitude. Na parede de entrada, que se estende ao longo da sala, foi usada uma mistura de cimento queimado que é valorizada pela iluminação.

Uma cortina de rolo, embutida no teto, divide o dormitório da sala. A iluminação ajuda na delimitação dos espaços. O papel de parede em tons de cinza, preto e branco constroem uma atmosfera sóbria. Mas a geladeira retrô vermelha, ao lado da cama, quebra toda essa seriedade. O espelho, situado na parede preta da sala, acima da mesa de jantar de madeira escura, também ajuda na sensação de amplitude do ambiente.

LEIA MAIS:

Roupas são usadas na fabricação e móveis e como revestimentos de paredes

Variação de preços de cortinas com as mesmas características pode chegar a 85%

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.