30/03/2009

Descontos e brindes para quem comprar a casa própria

Fonte: Jornal da Tarde

No embalo do pacote da habitação lançado pelo governo, construtoras oferecem uma série de vantagens para conquistar o consumidor. Agrados vão desde abatimento no preço, vale-compra a até seguro-desemprego

Consumidores não precisam esperar a entrada em vigor das mudanças no financiamento habitacional anunciadas na semana passada pelo governo para retomar o projeto da compra de um imóvel. Algumas construtoras e incorporadoras estão investindo em promoções a fim de atrair clientes antes mesmo do pacote sair do papel. As benesses vão de mobília para a cozinha a seguro-desemprego.

A Cury Construtora e Incorporadora, por exemplo, criou o programa Compra Forte. Quem fechar contrato com a empresa e comprovar vínculo empregatício terá direito a suspender o pagamento das prestações durante seis meses em caso de demissão sem justa causa.

Segundo Fabio Cury, presidente da empresa, a maioria das unidades comercializadas pela companhia mede entre 45m² e 50m², custa de R$ 85 mil a R$ 105 mil e está localizada em bairros como Itaquera, São Miguel, São Mateus e Itaim Paulista, na zona leste.

A Rossi é outra construtora que também oferece vantagens aos consumidores que assinarem contrato até 31 de março. A promoção inclui o pagamento de parcelas fixas durante a obra, o pagamento de prestações em dia pode render descontos de até R$ 12,5 mil e há também a garantia da suspensão dos desembolsos por seis meses caso o mutuário perca o emprego. A Rossi ainda concede bônus de 2% no preço do imóvel.

Klausner Monteiro, diretor de vendas da Rossi, diz que a empresa tem à disposição dos consumidores apartamentos com preços entre R$ 140 mil e acima de R$ 1 milhão, com medidas entre 48m² e 200 m², em bairros como Vila Maria, Vila Clementino, Tatuapé e Brooklin.

A Gafisa também criou promoção para dois empreendimentos específicos: o Alegria, em Guarulhos, e o Parque Barueri, na cidade homônima. Quem comprar ganha uma TV de plasma de 42 polegadas e, se indicar um amigo ou familiar para a compra de outra unidade, pode optar pela mobília da cozinha, que também será entregue ao comprador indicado. O Alegria tem apartamentos entre 83 m² e 115 m² de três ou quatro dormitórios. A promoção termina em 2 de abril. No caso do Parque Barueri, o comprador pode escolher entre três opções de tamanhos de unidades: 72 m², 85 m² e 105 m².

Até 31 de maio, a Cyrela dará vales-compra no valor entre R$ 5 mil e R$ 10 mil a consumidores que comprarem unidades de empreendimentos lançados em 2008. Os vales-compra ofertados pela Cyrela podem ser trocados por eletroeletrônicos, móveis ou milhas aéreas.

Segundo Ubirajara Spessotto, diretor geral da Cyrela em São Paulo, os apartamentos medem entre 65 m² e 210 m², com preços que variam entre R$ 200 mil e mais de R$ 1 milhão. ?São cerca de 250 unidades localizadas em pontos da capital como Vila Ema e Campo Belo.

A incorporadora Even também aderiu às promoções. Até o dia 31 de março, quem comprar apartamento em um dos 33 empreendimentos participantes da ação será dispensado de pagar entrada, que equivale a cerca de 3% do preço dos imóveis, cujos preços vão de R$ 270 mil e R$ 3 milhões com medidas entre 66 m² e 442 m²; além disso, os valores das parcelas serão fixas até a entrega das chaves.

Caso o mutuário fique desempregado nesse período, poderá pedir a suspensão do pagamento das prestações por até seis meses. O valor que só será quitado no fim da construção. A promoção prevê, ainda, um vale-compra de R$ 5 mil em uma rede de varejo de material de construção e decoração na Grande São Paulo. Com validade de dois anos, o bônus é entregue no ato da compra da unidade. A Even oferece opções em pontos como Ipiranga, Butantã e Mooca.

A construtora MBigucci também vai brindar os clientes que comprarem uma unidade no empreendimento Allegra, localizado no Limão. Os apartamentos, de dois ou três dormitórios, medem entre 44,3 m² e 56,4 m² e custam de R$ 129,9 mil a R$ 163 mil. Os consumidores que assinarem contrato até 30 de abril ganham uma TV de LCD de 19 polegadas.

VEJA OS PREÇOS – Cury – unidades entre 45 e 50 metros quadrados; preços de R$ 85 mil a R$ 105 mil em Itaquera, São Miguel, São Mateus e Itaim Paulista (zona leste). Informações: www.cury.net

Rossi – unidades entre 48 e 200 metros quadrados; preços a partir de R$ 140 mil , em bairros como Vila Maria, Vila Clementino, Tatuapé e Brooklin. Informações: www.rossiresidencial.com.br

Cyrela – cerca de 250 apartamentos entre 65 e 210 metros quadrados, com preços de variam entre R$ 200 mil e mais de R$ 1 milhão em pontos da capital como Vila Ema e Campo Belo

Gafisa – empreendimento Alegria – Guarulhos – apartamentos entre 83 e 115 metros quadrados; empreendimento Parque Barueri, em Barueri – unidades entre 72, 85 e 105 metros quadrados. A empresa não informou valores dos imóveis. Informações: www.gafisa.com.br

Even – apartamentos com metragens variadas, entre 66 e 442 metros quadrados, que custam entre R$ 270 mil e R$ 3 milhões em pontos como Ipiranga, Butantã e Mooca. Informações: www.even.com.br

MBigucci – empreendimento Allegra, no Limão. Os apartamentos, de dois ou três dormitórios, medem entre 44,3 e 56,4 metros quadrados e custam entre R$ 129,9 mil e R$ 163 mil. Informações: www.mbigucci.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.