08/07/2007

Detalhes originais em cozinha e banheiro da mostra

Fonte: O Globo

Arquitetos fazem economia em alguns itens dos projetos para esbanjar em outros

Economizando num item, foi possível esbanjar em outro. Essa foi a receita usada pela maioria dos profissionais que participaram da edição mineira da mostra “Morar mais por menos”, que terminou semana passada. A proposta do evento é apresentar ambientes chiques que caibam no bolso.

DivulgaçãoZap o especialista em imóveisBanheiro da cervejaria: paredes do espaço foram revestidas com placas de tapume. Na pia, bacias em vez de cubas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Um exemplo é o “Banheiro da cervejaria”, projeto de seis professores do curso “Design de interiores” da Universidade Fumec, usado como exemplo em sala de aula. A idéia, conta a coordenadora do curso, Fernanda Loureiro, foi dar ao banheiro uma cara de beco. Por isso, as paredes foram revestidas com madeirite, um compensado rosa usado como tapume de obras: 18 placas saíram por R$558. No teto do banheiro, um céu de estrelas. Mas, em vez de fibra ótica, mais cara, lâmpadas fluorescentes, mais baratas, e um rebaixamento de gesso pintado de azul-marinho. Bastaram furinhos no gesso para surgirem as “estrelas”.

— Criamos um ambiente conceitual para um espaço público, mas há idéias que podem ser aproveitadas em casa: a da pia, por exemplo, cujas cubas são, na verdade, bacias de alumínio vendidas por R$17 cada — explica Fernanda, informando que, no total, o custo do projeto foi de R$9 mil.

Divulgação Zap o especialista em imóveisCozinha do chef: teto forrado com chita, que deu um ar divertido ao espaço

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No projeto a “Cozinha do chef”, assinado pelas decoradoras Patrícia Satler, Liliane Cruz e Laura Cruz, o teto foi revestido de chita — 15 metros de tecido mais a mão-de-obra saíram por R$476. E o piso, com cimento queimado vermelho e pedras portuguesas, por R$420. As arquitetas não informaram o custo total.

— Nós seguimos as especificações que uma cozinha de chef deve ter, como, por exemplo, uma área de convivência para cursos e degustações. Mas também quisemos fazer algo que fosse divertido — explica Patrícia.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.