08/03/2010

Dicas para arrumar quadros pelos ambientes

Fonte: O Globo

Não vale sair pendurando imagens sem fazer um projeto. É preciso ter paciência, visão geométrica, senso harmônico e, claro alguma habilidade com o martelo

(Foto: Divulgação)
Projeto de Gisele Taranto e Izabela Lessa (Foto: Divulgação)

Rio de janeiro – Aquela parede branca e sem vida da casa pode ser bem vestida com pinturas, gravuras ou fotografias. Mas não vale sair pendurando imagens sem antes fazer um projeto para escolher os melhores locais para cada peça. É preciso ter paciência, visão geométrica, senso harmônico e, claro alguma habilidade com o martelo. A combinação dos tipos de moldura e a distância entre as imagens são fundamentais para criar um resultado harmonioso.

Na sala, a parede onde fica o sofá, móvel de maior destaque do ambiente, é, a princípio, a mais atraente para pendurar todo tipo de obra de arte. De acordo com a arquiteta Monique Granja, o quadro deve ficar a uma altura de 20 a 25 centímetros acima do sofá e não deve ter uma largura maior que a do móvel. No caso da combinação de pequenos quadros numa só parede, a dica é criar uma linguagem que estabeleça uma ligação entre eles.

“É preciso ter cuidado com a escolha das molduras e dos tipos de imagens ou pinturas que serão usados numa mesma parede. Se o morador optar por uma moldura antiga, por exemplo, todos os quadros devem ser emoldurados com materiais dessa linha. Se a pessoa pendurar todas as imagens sem buscar uma ligação e uma distância equivalente entre elas, vai acabar poluindo visualmente o espaço”, opina a arquiteta.

As paredes livres e sem móveis recostados ou qualquer outra interferência podem ser ótimos locais para brincar com quadros e fotos, podendo alguns deles ser fixados até mesmo a uma altura próxima ao chão.

“Toda a distribuição de quadros exige um toque de ousadia, pois é ela que vai dar a graça à parede. Um quadro perto do chão pode ser esse toque”, acrescenta Jaime Vilasseca, proprietário da loja de molduras Vilasseca.

Aos que estão planejando pendurar quadros em casa pela primeira vez, uma dica é fazer um desenho proporcional no papel. Mas, nos casos de falta de habilidade para o desenho, há ainda outras opções. Uma delas é recortar papel kraft no mesmo tamanho das molduras e colá-los com fita adesiva na parede para simular a arrumação. Ou, então, espalhar as obras no chão em frente à parede para ensaiar o arranjo.

E, caso prefira dispensar o uso de pregos, por que não usar a imagens apenas encostadas na parede, no chão, ou numa prateleira? O arquiteto Luiz Fernando Grabowsky exemplifica com o projeto de um quarto, feito em parceria com a Todeschini Ipanema, em que uma das paredes dá um lugar a um painel de madeira laqueada de branco com saliências para apoiar quadros e revistas. Com esse recurso, lembra Grabowsky, o morador pode mudar com facilidade os objetos em exposição e assim compor rapidamente um novo cenário no ambiente.

Outra opção é escolher quadros com fitas adesivas fixadoras. Mas elas devem ser usadas com cautela, já que a durabilidade do produto pode variar de acordo com condições específicas, lembram os especialistas. Paredes úmidas ou com pinturas soltas e ambientes extremamente quentes, por exemplo, podem impedir a perfeita fixação da fita e causar acidentes.

LEIA MAIS:

VEJA AQUI AS NOVIDADES APRESENTADAS NA GIFT FAIR 2010

PREPARE SUA CASA PARA O BICHO DE ESTIMAÇÃO

EMPRESAS ALUGAM MÓVEIS PARA RESIDÊNCIAS

10 Comentários

  1. Realmene são de grande utilidade e muito interessante as sugerstões deixadas pelo dicas dadas para arrumar…Quadros são muito difíceis de pendurar Tem pequenos ,grandes,modernos,antigos e as fotos então!!! Tenho muitas e de variados tamanhos. Vou seguir a dica de pendurá-los numa parede que não tem móveis embaixo e expor tipo de uma galeria dos mais antigos para os mais atuais Penso que ficará lindo, adorei a idéia! parabéns!

  2. Excelentes as dicas da matéria. A opnião de profissionais variados, como, arquitetos, profissionais que trabalham com molduras etc… são um ótimo laboratório pois refletem anos de experiências e vicências com outros profissionais, formações e conhecimentos culturais de várias épocas.Como arquiteto, penso ser interessante registrar, já que a matéria destina-se ao cidadão não profissional, que uma obra de arte (isso inclui sua moldura – ou ausência dela) NÃO TEM QUE COMBINAR COM OS MÓVEIS… coisa que se vê muito comumente no dia-a-dia…

  3. Bom dia!Gostaria de lhes parabenlizar primeiro pelas dicas,de como arrumarmos os quadros em nosso apartamento.E deixo aqui minha duvida de como colocar meus quadros na cozinha,e quais seria o tema:só fica bem se eu colocar quadros referentes á cozinha ,ou posso fugir disto? Diga-me se possivél,pois acabo de ganhar uma cozinha planejada do maridao,e me sobrou uma parede,onde quero colocar os quadros…..sim como meu ponto feminino.obrigada desde já.espero o seu retorno… Angelita de Lima

  4. BOA TARDE!EXCELENTES AS DICAS DE MATERIA,MAS GOSTARIA DE SABER,QUAIS OS QUADROS QUE SE PODE USAR NA COZINHA E NA SALA,SÃO IGUAIS OU DIFERENTES?OBRIGADAO,E AGUARDO O RETORNO,ROMERIO

  5. BOA TARDE!EXCELENTES AS DICAS DE MATERIAS,MAS GOSTARIA DE SABER,SE OA QUADROS DA COZINHA E DAS SALA SAÕ IGUAIS OU DIFERENTES?OBRIGADÃO,AGUARDO RETORNO,ROMERIO

  6. Oi!Adorei as dicas,mas gostaria de saber onde encontro o painel de madeira laqueada?Obrigada.

  7. Parabenizo a turma por tudo o que vi e apreciei…..Muito bom gosto…..Muita criatividade…..Moro em Recife e Aldeia Pernambuco.Desejo muita sorte, em suas vidas e profissões!!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.