02/02/2018

Dicas para criar decoração de brinquedoteca divertida. Veja o vídeo

Socorro, ZAP! Solidário transforma ambiente de abrigo

Fonte: ZAP em Casa

O Socorro, ZAP! Solidário de hoje mostra a transformação realizada no Instituto Curumim, que cuida de crianças e adolescentes que vivem em situação de risco social. O foco é desenvolver cada um que mora na casa e nossa equipe foi até o local para reformar o ambiente em que as crianças brincam. Você também vai se inspirar para criar uma decoração de brinquedoteca divertida.

+Baixe o App de Faça Você Mesmo do ZAP em Casa

+ Siga nosso perfil no Pinterest

O projeto, criado pela arquiteta Flavia Volk, priorizou a organização do espaço, aliada a cores e desenhos nas paredes. Antes, o ambiente era utilizado como um depósito de brinquedos e as crianças não tinham como ficar lá dentro.

decoração de brinquedoteca
Foto: Wagner Benedetti

Com o apoio das tintas Lukscolor, foram utilizadas tintas spray para transformar uma parede branca em um mosaico com cortiça, e tinta lousa para fazer uma pintura em forma de montanha para dar um “movimento” na brinquedoteca.

Assim como todos os episódios, contamos com o apoio da ArkDek, plataforma digital para quem quer fazer projetos de decoração e design de interiores on-line, sem precisar sair de casa.

Assista ao vídeo acima e inspire-se para criar uma decoração de brinquedoteca divertida e organizada. É só dar o play.

Depois
Antes

+ Veja dicas para transformar sua sala com painel e sofá de pallet

+ Veja dicas para transformar uma recepção com pouco investimento. Assista ao vídeo

+ “Socorro, ZAP! Solidário” transforma sala de computação do CCA Sacomã

+ ZAP estreia a segunda temporada do “Socorro,ZAP! Solidário”

+ “Socorro, ZAP! Solidário” transforma cozinha de ONG que abriga mulheres

+ ONG de refugiados ganha novo ambiente do “Socorro, ZAP! Solidário”

+ Casa Bakhita ganha transformação do “Socorro, ZAP! Solidário”

+ Socorro, ZAP! Solidário transforma ambiente do Lar Jésus Gonçalves

+ Socorro, ZAP! Solidário transforma ambiente da Fundação Maria Carolina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.