04/05/2015

Veja opções baratas para dividir terreno

Cercas vivas de madeira ou até mesmo de ferro ou alumínio podem ser alternativas

Fonte: Revista do ZAP

O muro costuma ser a principal alternativa quando é preciso fazer divisa de terrenos com um vizinho. Porém, essa não é a única maneira de separar os lotes.

“Apesar da manutenção prática do muro, sua construção envolve bastante sujeira e reforço, como pilares, fundações e amarras, além da impermeabilização”, afirma a arquiteta Nátali Mello.

Para economizar e dispensar uma obra, a vegetação pode ser uma ótima alternativa. “Além de bonita, é muito rápida para colocar. Vale lembrar que gera bastante manutenção e, dependendo da espécie escolhida, é preciso analisar as condições de iluminação, solo e pragas”, avisa Nátali.

dividir terreno com plantas
Cerca com vegetação é uma boa alternativa (Fotos: Shutterstock)

+ Inspire-se com pallets de madeira e crie móveis originais

+ Veja como fazer um jardim na área externa da casa

Para esse tipo de muro, a especialista sugere espécies como kaizucas, arundina, tumbérgia arbustiva e murta. “Lembre-se sempre de que plantas demoram para crescer e mudas de grande porte são mais caras. Se você quer um resultado mais rápido, terá que investir mais”, alerta.

É possível fazer também cercas em ferro ou alumínio. “Mais rápidas para instalar do que um muro de alvenaria, elas podem ser uma opção um pouco mais barata”, diz Nátali.

Outra opção acessível é a cerca de madeira, que pode ser de demolição, pinus ou qualquer outra disponível.

dividir terreno com madeira
Cerca de madeira é uma opção comum e certa

O arquiteto Anderson Schmidt comenta que as cercas construídas de madeira e feitas com alambrados são muito utilizadas nos países da Europa e nos Estados Unidos. “Mas precisamos ficar atentos a essas opções, pois é necessário verificar onde a casa está localizada. Caso ela esteja em um condomínio, é preciso seguir as regras do e verificar as alternativas de cercas que são permitidas”, alerta.

Schmidt comenta que, no Brasil, além dos alambrados, são usadas cercas de arame – no caso de sítios e fazendas -, cercas construídas com bambu e toras de madeira, principalmente eucalipto. “O ideal sempre é verificar o que é mais comum na região, pois custos de transporte e mão de obra devem ser considerados para avaliar qual a opção mais barata”, aconselha.

dividir terreno com cerca de bambu
Cercas de bambu são comuns no Brasil

Nátali recomenda que se use a criatividade para fazer uma cerca diferente. Pallets podem virar cercas, assim como outros objetos. “Coloque toras de madeira uma ao lado da outra e você terá uma cerca”, diz.

Ela acredita que os alambrados ainda são uma ótima opção. “Basta fazer uma base bem baixa de alvenaria e completar com o alambrado. Gera pouca manutenção e é barato. Você pode plantar alguma cerca viva ou arbustos para completar o cenário”, sugere.

“Quando as casas ficam em vias públicas é necessário verificar a legislação da Prefeitura ou até mesmo entrar em acordo com o vizinho para que não haja problemas futuros”, alerta Schmidt.

Outra questão importante é a segurança. O arquiteto orienta a verificar se cercas alternativas levarão segurança para a casa e para os moradores.

 

+ Porta sanfonada – vale a pena colocar?

+ Veja 5 cálculos simples que você pode fazer antes de iniciar a reforma

+ Portões automáticos de garagem garantem comodidade aos moradores da casa

+ Inspire-se para decorar os vãos e cantos da sua casa

+ Transforme seu quintal em uma sala de estar ao ar livre. Assista ao vídeo

 

 

 + Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Informe seu nome e e-mail no espaço para comentários desta matéria. Os dados não serão publicados nessa página

3 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.