01/04/2007

Dois quartos a R$ 93 mil em média

Fonte: O Estado de S. Paulo

Área servida pela Rodovia Raposo Tavares tem casas em terrenos amplos com boa relação custo-benefício

Celso Junior/AEZap o especialista em imóveisTroca – Pelo preço de uma casa de 150m² no Brooklin compra-se outra de 250m² na Granja Viana

Casas amplas, terreno grande, por um preço menor que o da capital. A boa relação custo-benefício tem levado a cada ano mais moradores para a Granja Viana, região compreendida entre os municípios de Carapicuíba, Cotia, Embu, Jandira e Itapevi. Mesmo tão próxima da megalópole, a área preserva um certo clima de interior.

“A região servida pela Rodovia Raposo Tavares hoje tem uma concentração importante de empreendimentos”, afirma Luiz Eduardo de Oliveira, presidente da Associação das Empresas de Loteamento (Aelo). E não só de lotes como também de condomínios horizontais.

A maior motivação para o crescimento da Granja Viana atualmente é o preço. “Por causa do encarecimento do terreno na metrópole, que tem um zoneamento mais restritivo e ofertas mais escassas, a população é atraída para fora da cidade”, afirma Luiz Paulo Pompéia, diretor da Empresa Brasileira de Pesquisa de Patrimônio (Embraesp). “Com o terreno mais barato, o produto final sai por menos, com qualidade igual ou melhor do que em São Paulo.”

Na capital, uma casa geminada de 125 metros quadrados de área construída, em um terreno de 150 metros quadrados, num bairro como Brooklin, pode ser trocada pelo mesmo preço por outra na Granja Viana, com 250 metros quadrados de área construída, num terreno de mil metros quadrados, segundo explica Pompéia.

Em dez anos, foram construídas mais de 4 mil casas na região, sendo mais da metade de dois dormitórios, conforme dados da Embraesp. O preço médio dessas unidades nos últimos dois anos é de R$ 93,8 mil.

São Paulo esgotou as possibilidades de crescer para outras regiões. “Se você olha uma foto aérea da cidade, vê que não há mais espaço nas zonas leste, sul ou norte, mas ainda há no lado oeste”, observa Fábio Rossi Filho, da imobiliária Itaplan. Para ele, a Granja Viana tem ainda a vantagem de estar próxima de bairros nobres como Morumbi e Jardins. “A Raposo Tavares é quase uma extensão da Avenida Brigadeiro Faria Lima.”

Grandes empresas do setor têm investido na região. A incorporadora Klabin Segall, por exemplo, comprou uma área de 44 mil metros quadrados onde lançou em parceria com a construtora Agra seis torres de apartamentos com um clube de 9 mil metros quadrados isolado dos prédios em dezembro.

O empreendimento já tem 55% das unidades vendidas. São 664 unidades de três e quatro dormitórios a partir de R$ 244 mil. “A região passou por uma transformação em termos de infra-estrutura e o mercado residencial acompanhou”, afirma Marcella Carvalhal, gerente de Marketing da incorporadora.

Leia também

Qualidade de vida é o grande atrativo

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.