31/03/2007

É “bruto”, mas requer carinho

Fonte: Jornal da Tarde
Marco Fernandes/AE Zap o especialista em imóveisChão feito com tábuas de peroba recuperadas de obras de demolição

Se, por um lado, os materiais rústicos trazem elementos da natureza para dentro de casa, por outro eles exigem uma manutenção por conta do vento e da chuva. No caso da madeira de demolição, que passa por um processo de estufa natural para prevenir a sua retração ou empenamento, deve-se evitar o contato com a umidade. Especialistas recomendam ainda que o consumidor se certifique de que o material tem tratamento contra cupim e garantia do serviço.

Se a madeira for utilizada na varanda, local mais propício às ações da natureza, arquitetos sugerem a aplicação de cera a cada seis meses. Dentro de casa, a limpeza pode ser feita com um pano úmido torcido. “Apenas no primeiro mês, recomendamos que se utilize a enceradeira, para a madeira absorver bem a cera que aplicamos, que é muito forte”, explica Sandra Alves, vendedora da loja especializada Lavoro e Arte.

Já o mármore não requer tanto cuidado. O uso de uma esponja de aço grossa e pano de estopa é recomendável. Depois de seco, pode-se aplicar cera de polir carro para realçar o brilho do produto. Especialistas alertam, entretanto, que essa aplicação não seja feita constantemente. No caso do mármore branco ou do travertino romano claro, o alerta é com relação as iminentes manchas, que podem dar mais trabalho para removê-las e, em algumas ocasiões, requer a aplicação de resina.

Leia também

Piso: madeira de demolição ou mármore?

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.