22/06/2016

Em alta: veja como usar o grafismo na decoração

Cores e formas quebram a monotonia

Fonte: ZAP em Casa

O ambiente claro e sem vida pode ganhar cor e movimento se a aposta de decoração for o grafismo. Mas o uso de formas, desenhos e cores podem ter o efeito desejado se algumas regras forem seguidas. O ZAP em Casa conversou com uma especialista que trouxe dicas de como quebrar a monotonia da sua casa.

+ Faça seu cadastro no ZAP em Casa e fique por dentro das últimas de decoração

+ O ZAP em Casa quer a sua opinião: clique aqui e conte o que você quer ver por aqui

O grafismo sempre esteve presente na decoração de interiores, desde suas estampas étnicas e cheias de personalidades até em pequenos detalhes na pintura, lustres e quadros. Em alta novamente, a tendência pode ser usada em paredes, azulejos, cerâmicas e tecidos.

Segundo a designer de interiores da AH! SIM Mariane Cunha, a técnica também pode variar entre o “chevron”, uma espécie de zig zag, que pode ser usada em tecidos, sofás, adesivos ou revestimentos. “O grafismo é uma técnica mais acessível porque trabalha com cores diversas que podem ser mescladas em uma única obra. As linhas podem variar entre grandes ou pequenas”, explica.

grafismo na decoração da casa. Veja como usar
Uma boa dica é concentrar o grafismo em locais da casa de menor permanência, como lavabo e hall de entrada (Foto: Reprodução/Pinterest)

Onde posso usar?

Por ser muito versátil, homens e mulheres optam pelo grafismo na decoração por se tratar de um tema neutro, moderno e ao mesmo tempo nostálgico. Porém, é preciso tomar certos cuidados para não tornar o ambiente demasiadamente poluído ou cansativo para os olhos.

Uma boa dica é concentrar o grafismo em locais da casa de menor permanência, como lavabo e hall de entrada.“Lembrando que não é recomendado usar o grafismo em mais de uma parede em um mesmo cômodo”, diz Mariana.

Grafismo na decoração de diversos ambientes da casa
Móveis vintages com detalhes em grafismo são charmosos e cheios de personalidade (Foto: Reprodução/Pinterest)

Outra opção é usar o grafismo para complementar o ambiente e “quebrar” a monotonia e criar certo movimento. Neste caso, é possível investir em cortinas da sala, almofadas decorativas, lustres ou vasos. Usar o grafismo em paredes muito grandes ou utilizar um papel de parede é um pouco mais arriscado, mas pode sim ser utilizado desde que haja bom senso. “É aconselhável usar cores e formas de maneira comedida”, explica a designer.

Dicas:

– Usar a mesma padronagem em várias cores
– Se usar na parede, não use nos móveis ou decoração
– Cuidado com as cores, tente não deixar o local com “muita informação”
– O grafismo no revestimento pode ser usado na cozinha ou banheiro
– Móveis vintage com detalhes em grafismo são charmosos e cheios de personalidades

 

grafismo para decorar a casa. Veja ideias
O chevron , aquele famoso zig-zag pode ser aplicado em qualquer lugar. Seja na parede da casa ou até mesmo como um tapete (Foto: Reprodução/Pinterest)

 

+ Aprenda a fazer uma decoração escandinava

+ Acabamentos de parede diferenciados dão personalidade aos ambientes

+ Saiba como comprar e aplicar papel de parede sem erro

+ Aprenda a fazer textura de parede no estilo Chevron

+ Clássico nas passarelas, preto conquista mais espaço nos ambientes

2 Comentários

  1. Ainda ñ tinha ouvido falar sobre o grafismo e adorei é o que eu buscava a ainda ñ havia encontrado a vc do zap foram maravilhoso ao publivar sobre o assunto agora vou fica ligada em vocês.Obrigada

  2. Olá, Ana! Ficamos muito felizes com esse comentário! 🙂 Fique à vontade para comentar, compartilhar e dar sugestões sobre o nosso conteúdo. Continue acompanhando o #ZapemCasa! Todo dia uma dica especial para você. Confira: http://bit.ly/ZapemCasa. Abraços!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.