15/10/2009

Em Rondônia, pneus velhos viram pufes cheios de estilo

Fonte: O Globo

Projeto ganha o país e desperta a atenção de empresários

Entusiasta da flora e da fauna da Amazônia desde a infância, Izabel Cristina da Silva trocou a Paraíba, onde nasceu, por Rondônia, no começo dos anos 90. Há dois anos, determinada a dar sua parcela de contribuição para o meio ambiente, criou os pufes ecológicos. Confeccionados com pneus usados, que levariam até 600 anos para se decompor, eles estão disponíveis em cinco linhas: Amazônia, Colors, Sementes do Brasil, Fibras e Tropical. A iniciativa já despertou a atenção de empresários espanhóis e peruanos.

Pufe feito com pneu (Foto: Divulgação)
Pufe feito com pneu (Foto: Divulgação)

“Os pneus, recolhidos em borracharias, são cuidadosamente lavados e cobertos com espuma”, explica Izabel, que é técnica da Secretaria de Desenvolvimento Ambiental do Estado de Rondônia (Sedam) e educadora ambiental.

Alguns modelos são revestidos com tecidos que estampam a fauna e a flora da região. Outros, com o chamado “tecido da floresta”, produzido a partir do látex e do algodão por cooperativas de seringueiros de Machadinho do Oeste, cidade no interior de Rondônia, com o apoio do Sebrae. O toque final fica por conta de adornos feitos com sementes de babaçu, buriti e jarina, fibras de cipó e resíduos de madeira de lei.

“Estou realizando o sonho de divulgar o projeto para todo o país, em feiras e exposições. O cidadão brasileiro precisa ser responsável pelo lixo que produz. Até dezembro, vamos iniciar um trabalho de geração de renda com um grupo de mulheres presidiárias de Rondônia. E pretendo repetir essa iniciativa em pequenos municípios”, diz Izabel.

Em novembro, a técnica ambiental levará suas criações para feiras em São Paulo, Manaus e Macapá. Em 2010, embarca para a Europa, onde lançará os pufes ecológicos, a convite do grupo espanhol STB SA. E já negocia com empresários peruanos.

LEIA MAIS:

VEJA OS CUIDADOS QUE DEVEM SER TOMADOS NA HORA DE COMPRAR O SEU IMÓVEL

LOJAS DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO DÃO DESCONTOS DE ATÉ 70%

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.