15/09/2008

Em suaves prestações…

Fonte: Jornal da Tarde

Para quem anda com o orçamento apertado, as lojas de materiais de cosntrução estão facilitando o pagamento

Nem sempre é possível dispor de uma boa quantia de dinheiro para aquela reforma programada há anos, e algumas obras são urgentes. E mesmo se não for esse o caso, há quem prefira parcelar as compras de material de construção simplesmente porque não tem disciplina ou anda com o orçamento apertado.

Para atender aos clientes que precisam reformar antes de refrescar as contas, as lojas de material de construção e os bancos oferecem vários tipos de financiamento, de parcelamentos em até 24 vezes a antecipação do décimo terceiro salário.

A oferta desses produtos aumenta no segundo semestre, já que é nesta época do ano que cresce o número de reformas, principalmente as menores. “As pessoas costumam arrumar a casa no fim do ano, gostam de deixar a casa bonita para as festas”, diz Mauro Flório, diretor de marketing da C&C. A rede de lojas aproveitou a chegada do mês de setembro para fazer uma liquidação com descontos de até 70% em qualquer uma das formas de pagamento que oferece. Uma delas é a possibilidade de parcelar em até 24 vezes no cartão da rede em parceria com a bandeira Visa de cartões de crédito.

O aumento das reformas no fim do ano – as grandes redes de lojas de material de construção estimam crescimento de 30% nas vendas neste período – está também relacionado com o recebimento do décimo terceiro salário, nos meses de novembro e dezembro. “Muita gente aproveita esse benefício para deixar a casa em ordem. Na nossa percepção, hoje, o bem estar dentro de casa é tão importante para as famílias como um carro novo ou uma viagem dos sonhos”, diz Newton Mendes , gerente regional da Telhanorte.

Mesmo sem ter recebido o décimo terceiro, é possível fazer as compras agora e começar a pagar em novembro, no caso de parcelamento direto com as redes. Na Telhanorte, por exemplo, é possível parcelar em 24 vezes no cartão de crédito da loja, com primeira parcela em novembro. Os juros são de 1,99% ao mês. Com o cartão é possível ainda parcelar em até dez vezes sem juros, dependendo do valor da compra.

Outra opção para quem quer antecipar a reforma de fim de ano é recorrer às linhas de crédito oferecidas pelos bancos e pagar as compras nas lojas à vista, com desconto. Os bancos oferecem antecipação do décimo terceiro salário, antecipação da restituição do Imposto de Renda e linhas de crédito específicas para quem quer reformar ou construir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.