07/02/2013

Emprego na construção cresce 6% em 2012

O setor de infraestrutura foi o que mais contribuiu para a marca positiva até o último mês de dezembro ao registrar elevação de 7% no número de postos de trabalho

Fonte: ZAP Imóveis

O nível de emprego na construção civil brasileira encerrou 2012 com alta de 6% em relação ao ano retrasado, informou o pelo Sinduscon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo).

Em pesquisa realizada em parceria com a FGV, o sindicato divulgou que este índice representa o crescimento do número de empregos gerados de janeiro a dezembro de 2012 sobre o mesmo período de 2011.

O setor de infraestrutura foi o que mais contribuiu para a marca positiva até o último mês de dezembro ao registrar elevação de 7% no número de postos de trabalho. O segmento imobiliário foi outro destaque do período, com alta de 3%.

Emprego na construção cresce 6% em 2012
Em 2012, cerca de 1,651 milhão de trabalhadores com carteira assinada estavam atuando na região Sudeste, 700 mil no Nordeste, 460,2 mil no Sul; 255,2 mil no Centro-Oeste e 202,8 mil no Norte

Com o resultado, a construção brasileira empregava, no final do ano passado, cerca de 3,270 milhões de trabalhadores com carteira assinada.

Desta quantidade, cerca de 1,651 milhão de trabalhadores com carteira assinada estavam atuando na região Sudeste, 700 mil no Nordeste, 460,2 mil no Sul; 255,2 mil no Centro-Oeste e 202,8 mil no Norte.

O nível de emprego na construção civil só não foi maior neste intervalo porque houve queda de 3,02% em dezembro na comparação com novembro, com o fechamento de 101,7 mil vagas no país.

Segundo a pesquisa, esta retração é superior à registrada em dezembro de 2011, quando foram fechadas 83,9 mil vagas (-2,58%).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.