04/02/2010

Empresas alugam móveis para residências no Rio

Fonte: O Globo
Ambiente decorado com móveis alugados da John Richards
Ambiente decorado com móveis alugados da John Richards

Rio de Janeiro – Mobiliar uma casa que será habitada por um curto espaço de tempo não é uma missão tão difícil quanto parece. Quem precisa trocar momentaneamente de cidade ou está aportando no país para uma temporada – breve ou não – pode recorrer ao aluguel de móveis e utensílios. Do liquidificador à cama, empresas especializadas oferecem de tudo para que o cliente monte seu novo lar, doce lar.

Há seis anos atuando no ramo residencial, a John Richards oferece móveis padronizados:

“O mobiliário foi concebido após um estudo que levou em conta características de cada cidade, como clima e tamanho médio dos imóveis. No Rio de Janeiro, por exemplo, os móveis são mais claros, em função do forte calor, e menores, para que caibam em apartamentos compactos. Em Curitiba, mais escuros e maiores”, explica o gerente João Paz.

LEIA MAIS:

DICAS PARA DEIXAR OS AMBIENTES MAIS FRESCOS NO VERÃO

PREPARE SUA CASA PARA O BICHO DE ESTIMAÇÃO

Atualmente, diz ele, 90% dos clientes da empresa são formados por estrangeiros. São funcionários de multinacionais que chegam ao país para temporadas de, no mínimo, um ano:

“O aluguel de móveis é vantajoso financeiramente nas mais diversas situações. Para o executivo que está aguardando seus móveis chegarem de sua terra-natal, pois ficará um longo período no Brasil, por exemplo. Nesse caso, a espera pode chegar a quase três meses. Ou para o executivo que vai passar até dois anos morando no país e para aquele que vai comprar móveis para seu apartamento, mas quer mais tempo para escolher os móveis certos.”

A cobrança é feita por cada peça alugada. O aluguel de um sofá pelo período mínimo de um mês, por exemplo, sai a R$ 324. Uma cama de casal custa R$ 349; a mesa de jantar com seis lugares, R$ 199; e as cadeiras custam R$ 64 cada uma.

Empresa carioca especializada em locação de móveis para festas, feiras e eventos, a Limaloc atende, eventualmente, pessoas que chegam à cidade para passar uma temporada. Segundo Carlos Peixoto, da área comercial, com exceção da cama, é possível montar uma casa com os itens oferecidos pela empresa, que incluem de geladeira, fogão e aparelhos de ar condicionado até mesas, sofás e poltronas.

“Depois de escolhidas os móveis e/ou eletrodomésticos, o cliente opta pelo período que deseja ficar com eles. São três opções: de um a cinco dias, 15 dias ou um mês. Na assinatura do contrato, o contratante dá um sinal de 50% do total do aluguel e deixa um cheque-caução no valor das peças alugadas. Os outros 50% são pagos na devolução do equipamento”, explica Peixoto, que diz não medir esforços para atender os clientes: – Se for preciso, nós compramos até cama só para atendê-los.

Na Limaloc, o aluguel de uma geladeira sai a R$ 120, pelo período mínimo de um a cinco dias; o fogão custa R$ 80; e uma mesa de jantar cromada com tampa de vidro, a R$ 45. As cadeiras são alugadas à parte e custam R$ 20 cada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.