17/02/2007

Era uma escada; virou um escritório

Fonte: Jornal da Tarde

O olhar atento da arquiteta Betty Birger também foi fundamental para otimizar o espaço do antigo apartamento no bairro do Pacaembu. Com a chegada de mais um filho, a família precisava de espaços mais amplos. Foi então que Betty encontrou a solução. “Como o apartamento é duplex, inverti o sentido da escada e consegui criar … Continue lendo “Era uma escada; virou um escritório”

O olhar atento da arquiteta Betty Birger também foi fundamental para otimizar o espaço do antigo apartamento no bairro do Pacaembu. Com a chegada de mais um filho, a família precisava de espaços mais amplos. Foi então que Betty encontrou a solução.

“Como o apartamento é duplex, inverti o sentido da escada e consegui criar um escritório nesse nicho. O quarto do casal era amplo, mas pouco aproveitado”, conta. “A solução foi colocar a banheira dentro do quarto do casal”, revela.

Como resultado, além da banheira contemplar um bela vista do bairro, ainda possuía acesso ao banheiro e um projeto arquitetônico moderno e diferenciado.“Além disso, sobrou espaço suficiente para criar um escritório particular e bem funcional dentro do quarto”, revela a arquiteta.

Um corredor amplo foi transformado por Betty em um espaço aconchegante para os filhos do casal brincarem. Ali foi providenciado um piso todo forrado que, junto aos brinquedos e à televisão, oferece conforto e aconchego. “Otimizamos todo o espaço disponível e encontramos as soluções de acordo com a necessidade da família.”

Leia também

 

A mesma casa, um novo visual

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.