08/07/2007

Espaço gourmet é dedicado a homens

Fonte: O Estado de S. Paulo

Em contrapartida, surgem os spas, os salões de beleza e as áreas zen para atender ao público feminino

Hélvio Romero/AEZap o especialista em imóveisTudo pronto – Espaço no edifício Horizon, na Lapa, é equipado com cozinha completa e mesa de jantar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Arquitetos e executivos de construtoras e incorporadoras são unânimes em um ponto: quando as áreas comuns dos condomínios são planejadas, o que se pensa é na família como um todo. Nenhum espaço é restrito a homens ou mulheres. Mas é claro que há estruturas que costumam ser naturalmente mais freqüentadas por eles ou por elas.

Uma das grandes vedetes dos novos condomínios é, sem dúvida, o espaço gourmet. Normalmente eles funcionam como um pequeno salão de festas equipado com cozinha completa, mesa de jantar para várias pessoas e, em alguns casos, também uma sala de estar acoplada, com sofás. E engana-se quem pensa que este salão é planejado para satisfazer as mulheres que gostam de cozinhar o tradicional almoço de domingo para a família inteira. O espaço gourmet na verdade atende a uma demanda masculina.

“”Há uma mudança de comportamento e os homens estão indo para a cozinha. O espaço gourmet é para os que cozinham por prazer, gostam de curtir um vinho, um charuto. É como um salão de festas pequeno equipado com cozinha bacana para receber de 15 a 20 pessoas””, resume o arquiteto Luciano Imperatori.

E homens preferem mesmo os espaços mais sociais. Segundo observa o arquiteto, as quadras poliesportivas, salões de jogos e churrasqueiras estão entre as áreas mais requisitadas por eles.

De acordo com a gerente de Incorporação da Rossi, Carmen Lopes, há projetos de empreendimentos que revisam o formato do antigo salão de jogos. São amplas salas de estar onde as mesas de pebolim e ping-pong dão lugar às mesas de cartas e de xadrez, com um bar de apoio, onde os homens podem receber os amigos, bater papo, beber e jogar. É um tipo de salão de jogos chique.

Já as mulheres freqüentam mais as áreas dedicadas à beleza e ao relaxamento. Pensando nelas, surgem os chamados spas ou “”espaços zen””, que costumam trazer mesas de massagem e ofurô em ambientes claros e longe da agitação. “”Há condomínios com tendas nos jardins com tratamento paisagístico mais bucólico””, diz Imperatori. Há também os salões de beleza ou espaços para beauty care, que têm aparecido em vários projetos modernos.

Elas também dominam a academia que, apesar de ser um espaço voltado para todos, atrai um público predominante de mulheres em busca do corpo perfeito. As piscinas descobertas e o solarium costumam ser um espaço mais feminino. Já as cobertas são mais freqüentadas por homens que gostam de treinar natação.

Outra grande exigência das mulheres é que o condomínio traga espaços especiais para as crianças. “”Tem que ter uma área de lazer infantil legal, com brinquedos””, afirma Leon Benssoussan, gerente comercial da Brascan.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.