08/08/2018

Veja 10 conselhos para quem está de mudança

Trocar de apartamento pode ser uma experiência cansativa, anote as dicas para evitar estresse

Fonte: ZAP em Casa

Na hora de escolher um novo lugar para morar, veja se ele possui boa ventilação e incidência de iluminação natural. O ideal é que o sol da manhã incida na cozinha, área de serviço e sala, opinam Fláviane Pereira, designer de interiores, e Márcia Coimbra, arquiteta do escritório Ágille Arquitetura. Ah, você já escolheu e vai começar a preparar a mudança?

Então anota aí algumas dicas:

1 – Por onde começar?

Se o local precisa de reforma, a obra é a primeira coisa. “Pintura, colocação de gesso, depois vem a parte dos armários e cortinas. Por último, móveis e decoração”, diz designer de interiores Laura Santos.

2 – Reforma é tempo e dinheiro

Pense bem e faça as contas. Reformas de imóveis antigos costumam demorar (sempre aparecem novos problemas) e podem custar quase o preço de um novo! “Porém, o imóvel sempre carrega uma memória afetiva, então vale o investimento”, opina Fláviane.

3 – Não esqueça de medir

Dica: Se quer economizar, tente reaproveitar os móveis antigos (Foto: Shutterstock)

Pode parecer mentira, mas muita gente esquece de medir os espaços e, depois, o sofá não passa nem na porta. Se quer aproveitar seus atuais móveis, veja se a nova morada se enquadra ao tamanho deles. Pegue a fita métrica e, se algo não for compatível, exercite o desapego.

4 – Armários

Dica: Tenha um bom planejamento (Foto: Shutterstock)

Antes de começar o planejamento da mudança, já pense em quantos armários vai precisar, onde eles serão colocados na cozinha, área de serviço etc. São itens de primeira necessidade e, na maioria das vezes, é necessário fazer novos projetos. Não espere mudar para ver a bagunça dos marceneiros.

5 – Escolha da empresa

(Foto: Shutterstock)

A arquiteta Márcia Coimbra explica que há empresas especializadas em desmobilizar e organizar tudo no novo lar. Isso economiza tempo e muito trabalho! “Pior do que encaixotar é, sem dúvida, organizar novamente”. Laura Santos diz que uma boa empresa saberá proteger os bens. “O modo de empacotar é importante, porque faz com que a mudança seja mais rápida”.

6 – Misture móveis

Se a pessoa está mudando de uma casa para outra é porque suas necessidades mudaram e, portanto, novos elementos serão necessários para se adequar à nova realidade. Mas nem tudo precisa mudar e a utilização de peças antigas pode fazer uma boa composição com as novidades.

7 – Organização

Faça um lista do que vai levar e organize por ambientes e tipos de produtos. Jogar tudo em caixas, de qualquer jeito, só dará mais trabalho depois e ainda pode resultar em objetos quebrados.

8 – Chame a família

Se você não se importa em dividir a intimidade, pode ser bem divertido – e menos cansativo – chamar familiares para ajudar a desmontar a casa. Nesse meio tempo, com certeza vocês encontrarão fotos antigas e outras lembranças. Só não faça disso uma eterna conversa ou a mudança não sai.

9 – Se antecipe

Se programar com antecedência é um diferencial no Brasil. Mas faça isso. Acredite, muita coisa pode sair diferente e os atrasos são naturais. Se você tiver se planejado com boa margem de tempo, nada acabará com seu bom humor.

10 – Arrumar aos poucos

As especialistas dizem que o ideal é sempre saber onde tudo ficará no ato da mudança, pois assim se faz tudo de uma vez só. A ajuda de um profissional, com um projeto realizado anteriormente, pode facilitar essa parte.

+ Saiba como instalar um olho mágico. Assista ao vídeo

+ Nova série do ZAP em Casa dá dicas de pequenos reparos para casa

+ Sinal digital: tire suas dúvidas sobre a transição

+ Microondas exige atenção quando o assunto é limpeza

+ Aprenda a organizar a casa utilizando prateleiras e nichos

+ Saiba quais são os itens que mais sujam na cozinha e como limpá-los

+ Saiba qual é a hora ideal de sair da casa dos pais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.