22/10/2009

Estado vai leiloar imóvel do Scala, no Leblon

Fonte: O Globo

O estado ganhou, em segunda instância, uma ação de reintegração de posse do terreno do Scala, no Leblon, e o Rio poderá perder uma casa de espetáculos. O secretário-chefe da Casa Civil, Régis Fichtner, disse nesta quarta-feira que espera lançar em janeiro o edital de leilão do imóvel, na Avenida Afrânio de Mello Franco. O … Continue lendo “Estado vai leiloar imóvel do Scala, no Leblon”

O estado ganhou, em segunda instância, uma ação de reintegração de posse do terreno do Scala, no Leblon, e o Rio poderá perder uma casa de espetáculos. O secretário-chefe da Casa Civil, Régis Fichtner, disse nesta quarta-feira que espera lançar em janeiro o edital de leilão do imóvel, na Avenida Afrânio de Mello Franco. O sinal verde para a venda foi dado na terça pelos desembargadores da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, que, por três votos a zero, decidiram devolver o terreno ao estado, conforme informou Ancelmo Gois em sua coluna no Globo. A decisão dá um prazo de 90 dias para a desocupação do imóvel.

Anamaria Vilela, advogada de Francis Recarey, proprietário do Scala, informou que aguardará a publicação do acórdão, antes de decidir sobre recursos. Ela antecipou, no entanto, que, se o terreno for a leilão, o Scala vai participar dele.

O secretário disse que o terreno pertence ao Rioprevidência – fundo responsável pelo pagamento de aposentadorias e pensões dos servidores do estado. Isso, segundo Régis Fichtner, torna a venda a melhor solução para o imóvel. Quem arrematá-lo pode manter o local como casa de espetáculos, optar por construir um prédio residencial ou até por usá-lo para ampliar o shopping vizinho ao Scala.

Régis Fichtner afirma que a casa de espetáculos soma R$ 17 milhões em dívida com alugueis. O estado ainda não fez a avaliação do valor do imóvel.

Já a advogada de Recarey disse desconhecer a dívida comaluguéis. Segundo ela, o imóvel vale hoje cerca de R$ 50 milhoes. Anamaria também prefere aguardar a publicação do acórdão, antes de dizer se o proprietário pedirá na Justiça para ser reembolsado pela construção do Scala, no caso de o imóvel ser arrematado por outra pessoa física ou jurídica no leição.

“O que posso dizer é que, quanod o Scala foi construído, na década de 1970, foram investidos US$ 8 milhões”, afirmou Anamaria.

ENCONTRE IMÓVEIS NO ZAP:

100.000 IMÓVEIS EM SÃO PAULO. CLIQUE AQUI E VEJA AS OFERTAS

45.000 IMÓVEIS NO RIO DE JANEIRO. CLIQUE AQUI E VEJA AS OFERTAS

LEIA MAIS:

DICAR PARA FAZER SEU SEGURO RESIDENCIAL

QUEM CONSEGUE RESISTIR À AMPLA ÁREA DE LAZER?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.