20/07/2008

Estratégias para o baixo custo

Fonte: Jornal EXTRA

Para conseguir construir com qualidade e baixo custo, as empresas voltadas para esse público precisam lançar mão de algumas estratégias e tecnologias. A principal delas, em geral, é a alvenaria estrutural, pela qual os tijolos são encaixados. Isso agiliza a obra, feita em menos tempo, as despesas com mão-de-obra são reduzidas.

— O sistema nos dá uma economia de cerca de 10% — disse Alexandre Calazans, diretor de Incorporações da Living, do grupo RJZ Cyrela.

Outra forma de enxugar o orçamento e conseguir um preço baixo para o consumidor é controlar as despesas da empresa de uma maneira geral, evitando desperdícios no canteiro de obras e também nos escritórios.

— Toda a equipe sabe que vai ganhar mais se o orçamento for cumprido — disse o presidente da construtora Mudar, Augusto Martinez.

O diretor comercial da MRV, José Lima Melo, explica ainda que, como as unidades populares têm estruturas padronizadas, fica mais fácil replicá-las em diferentes tipos de empreendimentos.

Arquitetura mais difícil

Para os arquitetos, projetar para imóveis populares é um desafio. Eduardo Horta, sócio da Studio HF, responsável pela arquitetura do Spazio Redentore, da MRV, no Rio Comprido, disse que o projeto é mais difícil.

— As paredes são mais alinhadas, a planta é enxuta. É preciso aproveitar o máximo de área possível.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.