03/11/2009

Estúdios de música ganham espaço em projetos de arquitetura para residências

Fonte: O Globo
Projeto de estúdio da arquiteta Claudia Santos (Foto: Divulgação)
Projeto de estúdio da arquiteta Claudia Santos (Foto: Divulgação)

Rio de Janeiro – Os acordes da guitarra são afinados. O baterista já está com as baquetas em mãos e o amplificador pronto para ser ligado. A expectativa de curtir um som, entretanto, pode ser atrapalhada pelo receio de incomodar os vizinhos. Nessas horas, os estúdios de música são uma boa opção para quem quer tocar em casa com toda tranquilidade. Aquele cantinho esquecido pode ser todo revestido com materiais específicos para melhorar a acústica do ambiente e impedir que as melodias escapem para outros espaços. No projeto da arquiteta Claudia Santos, a varanda da casa, local pouco utilizado pela família, foi o escolhido para ser adaptado às novas funções.

“Como todos na família gostam de música, tocam instrumentos e cantam, a idéia de fazer um estúdio agradou à todos. Além de ter vedado todo o recinto com esquadrias de vidro duplo, fiz um rebaixo de teto com revestimento acústico, instalei ar condicionado e mesa de som”, afirma a arquiteta.

O piso é o item mais problemático da casa, pois transmite facilmente os ruídos para outros espaços, sobretudo no caso da bateria e da percussão, devido ao pedal de bumbo e aos tambores colocados no chão. Para amenizar os barulhos, a arquiteta Sophia Galvão sugere a colocação de um piso sobre o original e isolado por blocos de borracha. No projeto de estúdio de música em um apartamento duplex, Sophia optou pela inclusão de tábuas de ecowood, um aglomerado que imita madeira, para dar o acabamento final. Além disso, ela chama atenção para o cuidado com o isolamento de paredes e teto.

Projeto de estúdio da arquiteta Sophia Galvão
Projeto de estúdio da arquiteta Sophia Galvão

“Uma vez construídas as paredes e o teto do estúdio, dentro dos critérios adequados de isolamento, foi necessário fazer um tratamento interno das superfícies, buscando-se as condições ideais para a aplicação de espuma acústica. Um lambri em madeira deu o acabamento às paredes”, explica Sophia Galvão.

Os estúdios também são aconselhados para os que gostam de assistir filmes com acústico máximo. Um ambiente como este para funcionar em perfeitas condições deve ter manutenção periódica das instalações feita por empresas especializadas.

ENCONTRE SEU IMÓVEL NO ZAP:

LEIA MAIS:

CONDOMÍNIOS DE LUXO AGORA TÊM GESTÃO “PERSONNALITÉ” EM SP

PREFEITURA ESTUDA FAZER A CALÇADA E COBRAR NO IPTU

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.