07/07/2009

Exposição de fotos mostra como o brasileiro organiza sua moradia

Exposição de fotos de Francisco Moreira da Costa mostra como o brasileiro organiza sua casa

Rio de Janeiro – Um saco de sisal usado para armazenar açúcar ganhou nova roupagem e passou a servir para prender um porta-talheres e panelas. O detalhe na cozinha de uma casa simples, feita de taipa (parede de barro, areia e madeira), em Candeal, no Cônego Marinho, em Minas Gerias, chamou a atenção do fotógrafo carioca Francisco Moreira da Costa. Ele acompanhava uma folia de reis, em 2006, e registrou a imagem, que está na exposição inaugurada recentemente, “Proteja esta casa: retratos das moradas brasileiras”, em cartaz até o fim de setembro, na Galeria Mestre Vitalino do Museu de Folclore Edison Carneiro, no Catete.

Hoje, fala-se muito do uso de material reciclado, mas a cultura popular já faz isso há anos pelo interior do Brasil. Nas casas, é possível ver soluções criativas e práticas na decoração – comenta Costa, como mostra a reportagem de Júlia Motta para o Morar Bem deste domingo.
Há dez anos ele registra o interior de residências pelo país. Fotógrafo do Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular, Costa acompanha os pesquisadores para fazer o registro etnográfico do processo de criação e modo de vida de artistas e artesãos.

Sempre gostei dessa temática, é uma curiosidade desde a infância. Adoro ver como as pessoas organizam suas casas. Tem a ver com a forma como elas pensam e revela a maneira como veem o mundo. Pela casa, é possível mostrar a beleza interior das pessoas. Tudo tem uma estética, um valor, um significado – conta o fotógrafo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.