12/05/2011

Exposição em São Paulo mostra 20 anos de trabalho de estúdio italiano de arquitetura

Fonte: O Globo
A Biblioteca de Nembro ganhou um novo bloco
A Biblioteca de Nembro ganhou um novo bloco

Com 20 anos de atuação, o Studio Archea, da Itália, é conhecido pelos trabalhos que mesclam arte com sustentabilidade. Em cartaz até o dia 22 de maio no Museu Brasileiro da Escultura, em São Paulo, a exposição “Archea – Sustainable Landmarks”, traz alguns dos mais importantes trabalhos desenvolvidos ao longo dos 20 anos de existência do escritório italiano, em maquetes, fotografias e na projeção de curtas metragem que ilustram todo o processo de desenvolvimento dos projetos, desde o trabalho de pesquisa até a conclusão de cada obra. A mostra conta, também, com alguns objetos de design, criados pelo Archea, como luminárias e algumas peças em cerâmica.

As curvas da Vinicola Antinori acompanham seu vinhedo
As curvas da Vinicola Antinori acompanham seu vinhedo

Dentre os destaques da exposição estão a vinícola Antinori, em San Casciano Val di Pesa, na região da Toscana, que ganhou um prédio completamente integrado à paisagem. Prova disso, é que na cobertura do prédio foi colocado um metro e meio de terra e plantado um vinhedo. Além disso, a área de armazenagem dos vinhos foi construída sob o prédio, que tem seis andares subterrâneos. Ali, a temperatura natural da terra é usada para refrescar e isolar a área onde o vinho é maturado acabando com a necessidade de refrigeração.

“A Toscana é uma região linda e havia uma grande preocupação em não interferir naquela paisagem. Além disso, o Studio tem uma preocupação em trabalhar como materiais encontrados no lugar, transformá-los e devolvê-los ao lugar, como a terracota por exemplo”, explica Vitoria Muzi, brasileira que trabalha no escritório italiano.

O camping Albatros
O camping Albatros

No camping Albatros, também na Toscana, as estruturas foram cobertas por bambu e madeira, construindo um ambiente mimético que se confunde com a natureza ao redor. Já no caso da biblioteca de Nembro, o desafio era reformar um prédio em estilo neoclássico, construído no final do século XIX, em um moderno centro cultural, mantendo suas características originais. O projeto contemplou a construção de um bloco adicional, de três metros de altura, com uma caixa envoltório completamente transparente, dotada de brise-soleil e feita de livros de terracota.

A exposição pode ser visitada de terça a domingo, das 10h às 19h. O Museu Brasileiro da Escultura fica na Av. Europa 218, Jardim Europa, em São Paulo. A entrada é franca.

LEIA MAIS:

Móveis e ambientes revelam suas facetas ocultas

Decoração do Mais Você sempre na moda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.