17/02/2007

Fale sempre com quem entende

Fonte: Jornal da Tarde

A melhor opção na hora de fazer uma grande reforma em casa é procurar um arquiteto de confiança

Filipe Araujo/AEZap o especialista em imóveisProjeto de Mariana Cecchini transformou vão sob escada em dispensa

A palavra-chave na hora de fazer mudanças para otimizar a casa e valorizar o imóvel é “arquiteto”. Com olhar atento às novas tendências do mercado, uma ajuda desse profissional é imprescindível para que o projeto da reforma seja o mais eficiente possível sem danificar a estrutura já existente.

Foi assim que a arquiteta Mariana Cecchini conseguiu perceber um vão ocioso embaixo da escada de um apartamento no bairro dos Jardins, Zona Sul, e criar ali a despensa que sua cliente necessitava.

“Sob um olhar atento, um espaço que pode parecer sem utilidade passa a integrar o ambiente e ter maior serventia para os moradores. Tudo depende da necessidade e da criatividade de cada um”, pontua.

Esse vão da escada, em casas com pisos duplos, geralmente, podem ser muito bem aproveitados. Mariana ensina que ali é possível construir armários, gaveteiros, estantes e até lavabos. Essa solução, além de ocupar um espaço antes ocioso, ajuda a dar uma melhor decoração para o ambiente e valorizar bastante o imóvel.

Foi usando a criatividade também que o arquiteto José Eduardo Andrada, da AS.H Arquitetura e Urbanismo conseguiu fazer com que um imóvel antigo, de mais de 50 anos, que fica no bairro de Alto de Pinheiros (Zona Oeste), ganhasse ares mais modernos e um valor de mercado mais alto.

“A casa tem 400 m² e tinha uma distribuição ruim, que atendia às normas construtivas da época, mas desperdiçava muito a área, além de possuir muitos pontos perdidos”, explica o profissional.

Além disso, a necessidade da família havia mudado. A casa, com quatro quartos, tinha apenas uma suíte e mais um banheiro no andar superior. Foi então que Andrada decidiu que no mesmo espaço era possível construir quatro suítes com closet, e deu início à reforma.

O local que antes era ocupado por três dormitórios passou a conter duas suítes. “Um quarto foi derrubado, foram construídos dois banheiros e ainda sobrou espaço para dois closets”, explica o arquiteto.

Nos fundos, onde antes ficava um quarto de vestir, mais uma suíte foi criada, utilizando o banheiro já existente. “Além da ampliação dos dormitórios, ainda sobrou espaço para uma sala íntima”, ressalta Andrada. “O valor gasto com toda a reforma vai agregar muito mais valor ao imóvel”, completa.

O passo-a-passo da reforma

Pelo projeto anterior, a casa tinha quatro dormitórios, sendo apenas uma suíte, um longo corredor, um quarto de vestir e um banheiro, além de um pequeno hall com terraço

No projeto atual, o arquiteto José Eduardo Andrada conseguiu construir no mesmo espaço quatro suítes e uma sala íntima, eliminando o corredor central

Na suíte principal, a inversão das portas possibilitou maior privacidade e mais espaço

O dormitório 3 foi eliminado e possibilitou a construção de dois banheiros nos dormitórios 2 e 4, além de nichos para a construção de closets nas suítes

O antigo quarto de vestir foi transformado em suíte 4, e o
banheiro foi revertido para dar mais conforto

O hall, o terraço e o corredor foram convertidos em uma única área: a sala íntima

A reforma trouxe maior privacidade e conforto para os moradores

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.