10/12/2009

Fazenda: material de construção não subiu

Fonte: O Globo

O Ministério da Fazenda não identificou, em nenhum lugar do Brasil, alta generalizada de preços em materais de construção, setor que é alvo de desoneração desde abril. Dessa forma, a equipe econômica não questiona a validade da política tributária de isenções. O aumento de itens beneficiados por corte do IPI, em ao menos três grandes lojas do Rio, foi mostrado ontem pelo Globo. O secretário de Acompanhamento Econômico, Antonio Henrique da Silveira, diz, porém, que o governo pode até rever incentivos se os setores não tiverem os resultados esperados.

“Se a queda do IPI não baratear os produtos de forma mais estrutural, podemos reavaliar se permanece ou não em nível nacional.”

Silveira destacou que o acompanhamento de preços é feito pela Fazenda no Brasil e mostra que há fortes reduções em meio a altas, o que é normal. A secretaria faz monitoramento permanente dos preços , tanto de material de construção quanto da linha branca e do setor automobilístico, entre outros.

“Muitas vezes, como os indícios são médios, uma região metropolitana pode ter comportamento diferenciado, que é normal.”

LEIA MAIS:

VOLTA DO IPI AMEAÇA EMPREGOS, ALERTA OIT

IPI: MÓVEL DEVE CUSTAR DE 5% A 10% MENOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.