30/09/2013

FED dá trégua à economia brasileira

De acordo com o colunista, isso significa que é hora do Brasil aproveitar para deslanchar sua economia, pois há duas boas notícias: a alta de 1,5% do PIB no segundo trimestre e o forte crescimento do varejo

Macroeconomia

As recentes decisões do Banco Central norte-americano (FED) funcionaram como uma trégua aos países emergentes. Isso significa que é hora de o Brasil aproveitar para deslanchar sua economia, sobretudo depois de duas boas notícias: a alta de 1,5% do PIB no segundo trimestre e o forte crescimento do varejo. O horizonte continua bastante desafiador, com eleições presidenciais em 2014, queda da confiança dos empresários, inflação e aumento dos juros.

Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Clique aqui e cadastre-se

FED dá trégua à economia brasileira
De acordo com colunista, a hora é boa para o Brasil aproveitar e fazer a economia crescer (Foto: ThinkStock)

Tornam-se, portanto, urgentes os investimentos em programas de infraestrutura e as iniciativas para o aumento da produtividade. Afinal, resolver o nosso déficit em investimentos de cerca de R$ 1 trilhão é o único caminho para sermos mais competitivos globalmente. Sim, existe muito dinheiro nesse mundo procurando bons negócios.

O fracasso dos primeiros leilões – tanto no caso das rodovias, como no leilão de Libra (maior reserva de petróleo do mundo, no pré-sal) – precisa ser superado para que esse governo aproveite o que seria sua última oportunidade de promover o crescimento. Ninguém está torcendo contra o Brasil. Se os empresários criticam, é porque querem e entendem de rentabilidade.

* é colunista do ZAP Imóveis, sócio da Condere Consultoria, professor do Insper, da FIA/USP e tem as certificações CFA®

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.