06/05/2011

Feirão da Casa Própria da Caixa terá mais de 48 mil imóveis no Rio

Fonte: O Globo
Feira deste ano terá menos casa à venda (Foto: Divulgação)
Feira deste ano terá menos casa à venda (Foto: Divulgação)

Rio de Janeiro – O Pavilhão 4 do Riocentro já começa a se preparar para receber a 7ª edição do Feirão da Casa Própria da Caixa, que será realizado de 20 a 22 de maio. Os interessados em financiar um imóvel no Rio terão 48.580 unidades habitacionais disponíveis, sendo 36.613 na planta. O feirão, promovido pela Caixa Econômica Federal (CEF), vai funcionar, na sexta e no sábado, das 10h às 21h, e, no domingo, das 10h às 18h. O evento será realizado em outras 12 cidades.

Para a superintendente da Caixa no Rio, Nelma Souza Tavares, “o grande diferencial do feirão, nesses tempos de mercado aquecido, é poder encontrar, em um só espaço, várias oportunidades de preço, variedade de oferta, e a possibilidade de financiar o imóvel desejado durante o evento. Ou seja, o sonho da casa própria pode se concretizar em um fim de semana”.

A estrutura do feirão no Rio será montada em 10 mil metros quadrados, onde 76 construtoras e 52 imobiliárias atenderão ao público. Também estarão presentes no evento o Creci, a prefeitura do Rio de Janeiro, o governo do estado e entidades representativas do setor imobiliário, além de cartórios e técnicos da Caixa responsáveis pela análise e liberação dos financiamentos.

Estão sendo esperados, durante os três dias de evento, cerca de 90 mil pessoas. A expectativa da Caixa é de que 8.500 contratos sejam fechados, com um volume de recursos de R$ 1,2 bilhão. Em 2010, foram realizados 9.233 negócios nos quatro dias do feirão, com volume de R$ 900 milhões em recursos investidos.

Serão oferecidos imóveis para todas as faixas de renda, com valores que variam de R$ 30 mil a R$ 600 mil, e média de preço de R$ 150 mil. Os juros estão entre 4,5% a 13,5% ao ano, com prestações decrescentes e prazo de pagamento de até 30 anos.

Os imóveis estão distribuídos entre os municípios de Rio de Janeiro, Niterói, São Gonçalo, Duque de Caxias, Nilópolis, Nova Iguaçu, Queimados, Belford Roxo, Araruama, São João de Meriti, Itaguaí, Rio das Ostras e Itaboraí.

No município do Rio de Janeiro, os imóveis estão localizados nos bairros de Barra da Tijuca, Bangu, Botafogo, Campo Grande, Copacabana, Cosmos, Engenho de Dentro, Flamengo, Freguesia, Ilha do Governador, Jacarepaguá, Madureira, Méier, Lins de Vasconcelos, Paciência, Pavuna, Pilares, Realengo, Recreio, Rio Comprido, São Cristóvão, Saúde, Santa Cruz, Santo Cristo e Tijuca.

No primeiro trimestre de 2011, no município do Rio de Janeiro, a Caixa assinou 16.272 contratos habitacionais, no total de R$ 1,57 bilhão em financiamentos. Com recursos provenientes do FGTS, foram 4.455 contratos, referentes a R$ 437,5 milhões. Já com recursos da caderneta de poupança, foram 11.817 contratos, que somam R$ 1,13 bilhão.

Feirão oferece mais 450 mil imóveis no país – A sétima edição do feirão será realizada em 13 cidades brasileiras de grande e médio porte, com a oferta total de 450 mil imóveis. A novidade deste ano é que os internautas serão atualizados, minuto a minuto, com informações do evento, como negócios fechados, número de visitantes e localização dos estandes de venda, via Twitter, blog e Facebook.

De acordo com a Caixa, o feirão, que é considerado o maior evento do setor no país, deve impulsionar ainda mais o segmento habitacional.

“A compra do imóvel é facilitada pelo fato de o evento reunir, num único espaço, todos os agentes da cadeia da habitação”, diz o presidente da Caixa, Jorge Hereda, ressaltando que, este ano, o evento contará com cerca de 700 construtoras e 500 imobiliárias do país.

Atendimento – Para quem quiser adquirir um imóvel durante o feirão, é necessário levar documentos como RG, CPF e comprovantes de renda (três últimos contracheques ou seis últimos extratos bancários, para o caso de renda informal).

De acordo com a Caixa, também é possível obter informações em todas as agências da Caixa, pelo Serviço de Atendimento ao Cliente do banco ou pelo site do feirão: www.feirao.caixa.gov.br. Outra opção na internet é o simulador habitacional, que pode ser acessado no portal da instituição e que permite calcular e visualizar vários cenários e valores.

Contratos habitacionais – No primeiro trimestre de 2011, a Caixa assinou 226.381 contratos habitacionais no país, totalizando R$ 14,7 bilhões em financiamentos. De acordo com a instituição, 50% das famílias beneficiadas têm renda de até 10 salários mínimos.

Ainda segundo a Caixa, 56% de todo o montante contratado no período foram destinadas para imóveis novos, o que corresponde a R$ 8,1 bilhões.

LEIA MAIS:

Feirão terá 450 mil imóveis

7º Feirão da Caixa contará com 1.200 construtoras e imobiliárias

2 Comentários

  1. Será preciso se cadastrar para ir no feirão da casa própria ou é so está presente no local ? Estou querendo comprar uma casa em campo Grande rio de janeiro zona oeste .O mais longe seria em Cosmos no valor de até 90 ou 95 mil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.