04/05/2011

Feirão terá 450 mil imóveis

Fonte: Jornal da Tarde

A sétima edição do Feirão da Casa Própria da Caixa Econômica Federal deste ano em São Paulo será nos dias 13,14 e 15 de maio. Segundo a Caixa, serão mais de 450 mil imóveis à disposição dos interessados em todo o País, somando novos, usados e unidades na planta.

(Foto: Divulgação)
Tenda e a Living estarão com imóveis novos no evento (Foto: Divulgação)

O número de imóveis para o Estado de São Paulo será definido nos próximos dias, mas as estimativas do mercado são de que deva ficar em torno de 150 mil, repetindo o volume do ano passado. Apenas o pool formado pelos integrantes do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis de São Paulo (Creci-SP) vai oferecer 61,5 mil imóveis usados.

Entre as construtoras que estarão com imóveis novos na feira estão a Tenda e a Living. A primeira vai levar 918 unidades na capital, Grande São Paulo e Baixada Santista, com preço a partir de R$ 46 mil. Já a segunda deverá apresentar mais de 3 mil unidades na região metropolitana, com valores a partir de R$ 120 mil.

O imóvel mais barato entre os usados que serão oferecidos pelos 200 corretores do Creci-SP que estarão no evento é um apartamento de R$ 35 mil, que fica em Itaquera, zona leste da capital, e o mais caro R$ 9 milhões, uma casa na Jardim Europa, zona oeste.

Santos de fora – Além da cidade de São Paulo, o Feirão será realizado em outras 12 em todo o País. Dessa vez, Santos não foi incluída no roteiro, mas as ofertas no litoral serão apresentadas no evento da capital.

No local, o interessado encontrará todos os agentes envolvidos na operação de compra, pois estarão presentes construtoras, incorporadoras, imobiliárias, corretores, cartórios e a própria Caixa, que trata dos financiamentos.

No ano passado, o balanço nacional mostrou que os eventos foram visitados por mais de 576 mil pessoas, sendo 93 mil negócios assinados ou encaminhados para fechamento, um movimento financeiro de mais de R$ 8,4 bilhões.

“Mas os negócios não ficam apenas no Feirão. O evento é muitas vezes um local de contato, de pesquisa do consumidor. Seis meses depois da feira ainda há negócios sendo realizados que começaram lá”, explica José Augusto Viana Neto, presidente do Creci-SP.

Financiamento – No primeiro trimestre deste ano já foram realizados 226.381 contratos habitacionais financiados, de acordo com a Caixa, um total de R$ 14,7 bilhões. Por dia são 3.651 contratos assinados, ou seja, R$ 236,6 milhões em financiamento, sendo que 50% das famílias beneficiadas têm renda de até 10 salários mínimos.

Desse total dos três primeiros meses do ano, 56% foram destinados para a compra de imóveis novos, o correspondente a R$ 8,1 bilhões. No balanço dentro do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida foram financiados R$ 4,6 bilhões, o que permitiu a construção de 64.422 novas unidades de até R$ 150 mil.

LEIA MAIS:

7º Feirão da Caixa contará com 1.200 construtoras e imobiliárias

Novo feirão da Caixa começa em maio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.