>

4 Comentários

  1. Lendo assim, até parece fácil!Nunca imaginei que comprar um imóvel à vista com a utilização do FGTS fosse mais complicado que a aquisição com um financiamento atrelado. A sensação que dá é que os bancos rejeitam qualquer solicitação de utilização exclusiva do FGTS, com desculpas diversas. Em especial a Caixa Economica Federal, agente do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Tive a experiência de entrar em 5 agencias, onde as justificativas iam desde “com a greve, os prazos dobraram e esta em 90 dias”; “você pode fazer no seu próprio banco”; ” a primeira entrevista será somente em dezembro” (1 mês depois), ” é melhor o Sr. ir em uma Agencia proxima de sua casa, pois aqui, proximo ao metro fica sempre complicado”; “o custo é de R$1000,00″… Sempre na tentiva de inibir sua solicitação por aquele orgão. E em cada agência que eu passava, solicitava a relação de documentos e nunca era a mesma. Hora escrita a mão em um papel de rascunho, hora impressa, em resposta mal criada que “poderia encontrar na Internet” e chegou ao ponto da atendente ditar para que eu escrevesse. A dificuldade de extrair informação sobre prazos e processo é ainda maior. É sempre um assistente treinado para te exterminar da agencia que faz a primeira triagem sem muita informação… Um desrespeito e falta de consideração com o cidadão.Não há um orgão que regulamenta os prazos e mesmo se houvesse o controle seria falho, pois cada vez surge um documento novo para que seu processo comece a contar do zero! A falta de vontade em atender é típica de quem não esta ganhando nada em troca. E por conta disso surgem as propostas de troca de favores. Chegaram a me oferecer um serviço de seguro de imóvel como “reciprocidade” conforme o assistente mesmo nomeou. Troca de favores?? Isso não é um direito meu? Submeter-me a este tipo de oferta é algo que ofende…trabalhomos 8 horas por dia e muitas vezes mais, para reservar um fundo que rende menos que a poupança e somos obrigados a escutar desaforos e cretinices. É revoltante!E a odisseia continua…após ter entregue a documentação conforme relacionado por um dos atendentes ficaram faltando alguns itens:Taxa de vistoria/avaliação do imóvel + pesquisa de crédito dos vendedores e compradores. Mesmo a compra sendo a vista os compradores também devem passar por uma pesquisa de crédito. Ao ser questionada a Agente não soube explicar porque os compradores deveriam passar por uma pesquisa cadastral…e obviamente cobrados por isso. A principio a cobrança é de R$250 pela vistoria + a pesquisa cadastral somando um total de R$340 pagos na boca do caixa, para liberação da vistoria. Deram um prazo inicial de 5 dias úteis.

  2. Olhando assim parece Fácil!!!Nunca imaginei que comprar um imóvel à vista com a utilização do FGTS fosse mais complicado que a aquisição com um financiamento atrelado. A sensação que dá é que os bancos rejeitam qualquer solicitação de utilização exclusiva do FGTS, com desculpas diversas. Em especial a Caixa Economica Federal, agente do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Tive a experiência de entrar em 5 agencias, onde as justificativas iam desde “com a greve, os prazos dobraram e esta em 90 dias”; “você pode fazer no seu próprio banco”; ” a primeira entrevista será somente em dezembro” (1 mês depois), ” é melhor o Sr. ir em uma Agencia proxima de sua casa, pois aqui, proximo ao metro fica sempre complicado”; “o custo é de R$1000,00″… Sempre na tentiva de inibir sua solicitação por aquele orgão. E em cada agência que eu passava, solicitava a relação de documentos e nunca era a mesma. Hora escrita a mão em um papel de rascunho, hora impressa, em resposta mal criada que “poderia encontrar na Internet” e chegou ao ponto da atendente ditar para que eu escrevesse. A dificuldade de extrair informação sobre prazos e processo é ainda maior. É sempre um assistente treinado para te exterminar da agencia que faz a primeira triagem sem muita informação… Um desrespeito e falta de consideração com o cidadão.Não há um orgão que regulamenta os prazos e mesmo se houvesse o controle seria falho, pois cada vez surge um documento novo para que seu processo comece a contar do zero! A falta de vontade em atender é típica de quem não esta ganhando nada em troca. E por conta disso surgem as propostas de troca de favores. Chegaram a me oferecer um serviço de seguro de imóvel como “reciprocidade” conforme o assistente mesmo nomeou. Troca de favores?? Isso não é um direito meu? Submeter-me a este tipo de oferta é algo que ofende…trabalhomos 8 horas por dia e muitas vezes mais, para reservar um fundo que rende menos que a poupança e somos obrigados a escutar desaforos e cretinices. É revoltante!E a odisseia continua…após ter entregue a documentação conforme relacionado por um dos atendentes ficaram faltando alguns itens que o mesmo se esqueceu. Taxa de vistoria/avaliação do imóvel + pesquisa de crédito dos vendedores e compradores. Mesmo a compra sendo a vista os compradores também devem passar por uma pesquisa de crédito. Ao ser questionada a Agente não soube explicar porque os compradores deveriam passar por uma pesquisa cadastral…e obviamente cobrados por isso. A principio a cobrança é de R$250 pela vistoria + a pesquisa somando um total de R$340 pagos na boca do caixa, para liberação da vistoria. Deram um prazo inicial de 5 dias úteis.

  3. Somente na propaganda,pois o recurso do FGTS quando o trabalhador deseja utilizar na compra de um imovel a Caixa não agiliza em nada com prazos de 30 a 60 dias para disponibilizar os recursos. E preciso muita paciencia para aturar prazos e demora na documentação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.