22/02/2010

Figura feminina inspira a criação de móveis, objetos e tecidos

Fonte: O Globo
Papel de parede da sueca Sandberg, modelo Francis, da coleção Magnus, à venda na By Floor (Foto: Divulgação)
Papel de parede da sueca Sandberg, modelo Francis, da coleção Magnus, à venda na By Floor (Foto: Divulgação)

Elas têm nomes próprios. E femininos. Remetem a mães, esposas, parentes, amigas. Anônimas ou não. Às vésperas do Dia Internacional da Mulher, comemorado dia 8 de março, o Morar Bem selecionou algumas peças – entre móveis, objetos e revestimentos – que prestam uma homenagem carinhosa a ela. Homenagem essa que não necessariamente se traduz no design, mas sim no espírito das peças.

Projetada sob medida, a cozinha Miranda, da Treselle, foi batizada em homenagem à personagem homônima da série “Sex and the city”. Pesou na decisão o fato de a personagem ser uma advogada bem-sucedida, prática e moderna. Não à toa, a cozinha ostenta uma tecnologia de ponta, com TV LCD de 17 polegadas camuflada na porta do armário, iluminação com leds e coifa redonda revestida com estampa que reproduz o skyline de Nova York.

“A ideia era associá-la a uma mulher forte e acho que acertamos em cheio”, diz Luis José Lira, sócio da Treselle.

Mundo afora, a alma feminina continua inspirando designers. Caso dos tecidos para decoração e revestimentos de parede, do fabricante sueco Sandberg, vendidos na By Floor. Recentemente, a empresa lançou mão de nomes típicos da Suécia, como Fredrika, Ulrika Eleonora, Karolina, Hilda, Helene e Ramona, para batizar diferentes padronagens de uma coleção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.